Maior ponte sobre o mar será inaugurada na China

A HZMB liga Hong Kong, Zhuhai e Macau, ocupando extensão de 50 quilômetros, incluindo trecho de túnel submerso sob as águas

A HZMB liga Hong Kong, Zhuhai e Macau, ocupando extensão de 50 quilômetros, incluindo trecho de túnel submerso sob as águas

Por: Altair Santos

Ilha artificial abre passagem para o túnel submerso em águas
Ilha artificial abre passagem para o túnel submerso em águas

A maior ponte do mundo sobre águas marítimas está prestes a ser inaugurada na China. Com 50 quilômetros de comprimento – incluindo túneis -, a estrutura será aberta para o tráfego de veículos no final de 2017. Estima-se que em novembro esteja liberada para receber um fluxo de 40 mil veículos por dia, ligando as cidades de Hong Kong, Zhuhai e Macau.

Batizada de HZMB (Hong Kong-Zhuhai-Macao Bridge) a construção começou em 2009. Três anos foram consumidos apenas para pavimentar a ponte e o complexo de túneis, que ocupa 6,7 quilômetros e faz a interligação entre duas ilhas artificiais que precisaram ser construídas para dar suporte estrutural à HZMB e permitir o tráfego de supernavios.

O concreto empreendido na obra chegou a 1,320 milhão de m³. O aço presente nas armaduras equivale a 420 mil toneladas – suficiente para construir 60 torres Eiffel. Boa parte desse volume foi usada nas peças pré-fabricadas e pré-moldadas in loco utilizadas nos pilares, no tabuleiro da ponte e na estrutura do túnel.

Descoberta de corrupção levou ao embargo de estruturas pré-fabricadas
Descoberta de corrupção levou ao embargo de estruturas pré-fabricadas

Uma indústria de pré-fabricados, assim como uma central de concreto, foi instalada no canteiro de obras da HZMB para abastecer a construção. No entanto, a produção ficou paralisada por um ano, quando organismos de fiscalização da China constataram que o material fornecido não atendia as especificações de resistência do projeto.

Foram detidos dois engenheiros-seniores, dois gerentes de laboratório, 12 técnicos de laboratório e fiscais do departamento de engenharia civil e desenvolvimento de Hong Kong, que eram subornados para validar os testes com corpos de prova. O caso, descoberto em 2015, obrigou que todas as estruturas pré-moldadas fossem testadas novamente, com substituição de peças suspeitas.

A investigação ficou a cargo da Comissão Independente Contra a Corrupção (ICAC, da sigla em inglês) que detectou que eram produzidas amostras em conformidade com os projetos para fraudar laudos, mas que o concreto que ia para a obra não tinha as especificações exigidas. A paralisação fez o custo da ponte quase dobrar. De estimados US$ 10 bilhões, passou para US$ 19 bilhões.

Megaobras

Pavimentação da HZMB levou três anos para ser concluída
Pavimentação da HZMB levou três anos para ser concluída

A construção da HZMB também teve problemas com segurança. Dez trabalhadores morreram e mais de 600 ficaram feridos, num total de 275 registros de acidentes. A maior parte deles relacionados com as escavações marítimas para a instalação do túnel e também na construção das ilhas artificiais, que juntas consumiram 9.076.300 m3 de terra e resíduos da construção para que fosse realizado o aterro em pleno mar.

A HZMB faz parte de um complexo viário que busca tirar a sobrecarga de veículos que circulam pelas três cidades, por causa do tráfego gerado pelo aeroporto e o porto de Hong Kong. Além disso, a megaobra coloca a China como o país que mais concentra construções projetadas para bater o recorde no mundo – principalmente, as ligadas ao transporte. São chinesas a maior ponte sobre rio, a mais alta ponte sobre rio, o maior viaduto, o mais alto viaduto, o maior túnel rodoviário e o maior túnel ferroviário, além do maior aeroporto – o de Hong Kong -, e a maior hidrelétrica.

Veja vídeo sobre a construção da obra:

 

 

Entrevistado
Hong Kong-Zhuhai-Macao Bridge Corporation (via assessoria de imprensa)

Contato
hzmbo@hzmbo.com

Crédito Fotos: HZMB

Jornalista responsável: Altair Santos MTB 2330


Massa Cinzenta

Cooperação na forma de informação. Toda semana conteúdos novos para você ficar por dentro do mundo da construção civil.

Veja todos os Conteúdos

Cimento Certo

Conheça os 5 tipos de cimento Itambé e a melhor indicação de uso para argamassa e concreto.Use nosso aplicativo para comparar e escolher o cimento certo para sua obra ou produto.

Cimento Portland pozolânico resistente a sulfatos

Baixo calor de hidratação, bastante utilizado com agregados reativos e tem ótima resistência a meios agressivos.

Cimento Portland composto com fíler

Com diversas possibilidades de aplicações, o Cimento Portland composto com fíler é um dos mais utilizados no Brasil.

Cimento Portland composto com fíler

Desempenho superior em diversas aplicações, com adição de fíler calcário. Disponível somente a granel.

Cimento Portland de alta resistência inicial

O Cimento Portland de alta resistência inicial tem alto grau de finura e menor teor de fíler em sua composição.

descubra o cimento certo

Cimento Certo

Conheça os 5 tipos de cimento Itambé e a melhor indicação de uso para argamassa e concreto.Use nosso aplicativo para comparar e escolher o cimento certo para sua obra ou produto.

descubra o cimento certo