Com volta ao trabalho presencial, empresas apostam em reformas e novos escritórios

Pesquisa realizada pelo Google Workspace revela que 81% dos entrevistados já trabalham presencialmente
18 de janeiro de 2023

Com volta ao trabalho presencial, empresas apostam em reformas e novos escritórios

Com volta ao trabalho presencial, empresas apostam em reformas e novos escritórios 1024 768 Cimento Itambé
Ekko Group realizou reformas em seu escritório de Alphaville.
Crédito: Divulgação

As relações de trabalho foram completamente modificadas durante a pandemia, e, aos poucos, tanto contratantes quanto empregados  foram se adaptando às novas exigências do mercado.

A segunda edição da pesquisa “O Futuro do Trabalho no Brasil”, realizada pelo Google Workspace com consultoria da IDC Brasil, entrevistou 1.258 pessoas entre abril e junho de 2022 para saber quais os modelos de trabalho adotados atualmente. 

De acordo com a sondagem, 81% dos participantes já voltaram, de alguma forma, ao trabalho presencial: desses, 25% estão de forma totalmente presencial e 56% adotaram o formato híbrido. Os 19% restantes disseram trabalhar de maneira totalmente remota.

Para efeito de comparação, a pesquisa anterior, de 2021, mostrava que 73% dos entrevistados já tinham voltado ao trabalho presencial (44% híbrido e 29% totalmente presencial), enquanto 27% estavam no modo totalmente remoto.

Ainda de acordo com o levantamento mais recente, de 2022, os números mostram que 65% das pessoas que estão atualmente em trabalho presencial trocariam de emprego para adotar o modelo híbrido, enquanto 54% dos que estão em trabalho remoto também disseram que mudariam de emprego para poder realizar suas atividades na versão híbrida. 

Adaptação das empresas

De olho neste retorno cada vez maior às atividades presenciais, e levando em conta as exigências de conforto e bem-estar que ficaram ainda mais latentes durante a pandemia, muitas empresas têm buscado investir em espaços mais acolhedores e funcionais para os funcionários, garantindo bons momentos em grupo e alta produtividade.

A incorporadora Ekko Group, por exemplo, realizou recentemente a ampliação de seu escritório em Alphaville (bairro nobre da Grande São Paulo) para abrigar um ambiente “open space”, mesclando áreas de trabalho com espaços de “respiro”, que ajudam na transição do modelo remoto para o presencial ou híbrido.

A ideia da empresa é oferecer aos colaboradores alguns locais onde eles possam se sentar, conversar e desacelerar o ritmo de trabalho quando necessário, podendo voltar às funções de maneira mais arejada depois. Outra medida tomada foi deixar os ambientes mais orgânicos e fluidos, com a presença constante de áreas verdes, para criar uma sensação mais aconchegante e acolhedora.

Ainda na mesma linha, a Tabas, startup brasileira de tecnologia imobiliária, decidiu reformar todos os seis andares de seu escritório, localizado próximo à Avenida Paulista, em São Paulo, para receber os funcionários em sistema de trabalho híbrido.

Para deixar tudo o mais funcional e agradável possível, a empresa deixou que os colaboradores participassem das decisões de reforma e de decoração de cada um dos andares, que ganharam projetos especiais de acordo com as necessidades dos setores correspondentes.

Fontes
Google Workspace
Agência NR7

Jornalista responsável
Marina Pastore
DRT 48378/SP

18 de janeiro de 2023

VEJA TAMBÉM NO MASSA CINZENTA

MANTENHA-SE ATUALIZADO COM O MERCADO

Cadastre-se no Massa Cinzenta e receba o informativo semanal sobre o mercado da construção civil