Atualização tecnológica para construtores

Palestra em evento gaúcho esclarece os principais aspectos do concreto auto-adensável

Palestra em evento gaúcho esclarece os principais aspectos do concreto auto-adensável

Créditos: Engº. Jorge Aoki – Gerente de Assessoria Técnica Itambé

A cidade de Santa Maria, no Rio Grande do Sul, sediou, entre os dias 22 e 25 de maio, o Construbusiness 2008, promovido pelo Sindicato da Indústria da Construção Civil de Santa Maria – Sinduscon – SM. Além de promover uma grande mostra de produtos e serviços de decoração, mobiliário e materiais de construção, a feira apresentou diversas oficinas e palestras direcionadas tanto a empresários do setor, quanto ao público em geral.

A cidade de Santa Maria tem fama de ser centro do saber e da formação profissional, pois aliada à baixa taxa de analfabetismo (segundo a Fundação de Economia e Estatística do Governo do Estado, a taxa é de 4,96%) e possui a maior Universidade Federal do interior do estado – a Universidade Federal de Santa Maria – UFSM. O município possui também sete faculdades e universidades privadas, um colégio técnico na área agrícola e na área industrial da UFSM e duas escolas de aprendizagem industrial. Tudo isso credencia Santa Maria como uma das cidades do estado gaúcho com melhores condições de fornecer grande apoio às indústrias que vierem a se instalar na região.

Sempre presente em acontecimentos do segmento, a empresa Reitex / Supertex apoiou o Construbusiness 2008, e contou com o apoio da Itambé, que apresentou uma palestra sobre Concreto Auto-adensável. Elizandro Basso, sócio gerente da empresa, diz ser importante a divulgação desta tecnologia: “A idéia era mostrar aos construtores que este tipo de concreto, ainda pouco utilizado no Brasil, é uma boa opção de qualidade e durabilidade com custo compatível ao concreto convencional”, explica.

O início do desenvolvimento ocorreu no Japão, na década de 80, com o objetivo de melhorar a qualidade e a durabilidade das estruturas de concreto armado e rapidamente evoluiu para outros paises, devido a sua versatilidade e facilidade de aplicação até mesmo em peças mais complicadas.

Tem como principal característica a fluidez sem segregação, além de permitir um perfeito preenchimento de toda a peça com o mínimo teor de vazios. Após a concretagem, os cuidados com a cura são os mesmos do concreto convencional e a evolução da resistência também se faz da mesma maneira.



Massa Cinzenta

Cooperação na forma de informação. Toda semana conteúdos novos para você ficar por dentro do mundo da construção civil.

Veja todos os Conteúdos

Cimento Certo

Conheça os 5 tipos de cimento Itambé e a melhor indicação de uso para argamassa e concreto.Use nosso aplicativo para comparar e escolher o cimento certo para sua obra ou produto.

Cimento Portland pozolânico resistente a sulfatos – CP IV-32 RS

Baixo calor de hidratação, bastante utilizado com agregados reativos e tem ótima resistência a meios agressivos.

Cimento Portland composto com fíler – CP II-F-32

Com diversas possibilidades de aplicações, o Cimento Portland composto com fíler é um dos mais utilizados no Brasil.

Cimento Portland composto com fíler – CP II-F-40

Desempenho superior em diversas aplicações, com adição de fíler calcário. Disponível somente a granel.

Cimento Portland de alta resistência inicial – CP V-ARI

O Cimento Portland de alta resistência inicial tem alto grau de finura e menor teor de fíler em sua composição.

descubra o cimento certo

Cimento Certo

Conheça os 5 tipos de cimento Itambé e a melhor indicação de uso para argamassa e concreto.Use nosso aplicativo para comparar e escolher o cimento certo para sua obra ou produto.

descubra o cimento certo