Se projeto for ruim, nenhuma tecnologia irá salvá-lo

Erros mais comuns afetam planejamento, layout do canteiro e monitoramento eficaz do progresso da obra

Rudiger-Leutz
Rüdiger Leutz: principal consequência de um erro de projeto é o desperdício, que engloba tempo, mão de obra e material. Crédito: Cia. de Cimento Itambé

Para o diretor-geral da Porsche Consulting Brasil, Rüdiger Leutz, a falta de excelência operacional no projeto acarreta em erros estratégicos que nenhuma tecnologia tem condições de corrigir. “A principal consequência de um erro de projeto é o desperdício, que engloba tempo, mão de obra e material”, diz. Ainda segundo o consultor, que palestrou no Workshop Revista M&T 2019, os equívocos de projeto mais comuns são falta de planejamento dos processos na obra, layout ineficiente em termos de logística no canteiro de obras e ausência de monitoramento eficiente do progresso da obra.

Rüdiger Leutz destaca que os problemas de projeto geram erros em cadeia. “No final, o que se vê são gargalos em diversas etapas, desencadeando baixa produtividade, ineficiência e comprometimento total do resultado. Por isso, se for percebido o atraso de um dia é necessário tomar uma ação imediata e não esperar esse atraso crescer, pois depois será irremediável. Às vezes, com uma semana já não é possível mais recuperar”, destaca. “Essa é uma das razões que leva a maioria das obras envolvendo edifícios no Brasil serem concluídas com atraso no cronograma”, completa.

O diretor-geral da Porsche Consulting Brasil listou seis procedimentos que dão garantias ao projeto de que ele vai gerar produtividade e uma obra com qualidade. São:

  • estratégia operacional
  • planejamento de todos os processos
  • dimensionamento da equipe
  • otimizações do layout e do fluxo logístico
  • sincronização da produção e monitoramento efetivo do progresso da obra

Trata-se de processos usados na filosofia Lean Construction, que se inspira na identificação e na solução de problemas. “O Lean é o primeiro passo. Para falar em produtividade e eficiência tem que fazer a lição de casa, ou seja, é preciso diminuir e eliminar o desperdício no processo da construção”, ressalta.

Brasil tem construtora que consegue acompanhar 33 obras simultaneamente

Em sua palestra, Rüdiger Leutz apresentou o case de uma construtora brasileira que já aplica Lean Construction em seus processos (grupo Plaenge), o que permite à empresa acompanhar 33 obras em andamento simultaneamente. “O gestor tem a macrovisão do que está ocorrendo e pode verificar os marcos de cada obra, mesmo que elas estejam em várias regiões do país. Ele acessa os avanços físico e financeiro e toma decisões de acordo com o ritmo das obras. Além disso, a construtora realiza avaliações de seus fornecedores diariamente por meio digital (tablet e smartphone) e fornece um aplicativo  para que o cliente possa acompanhar o estágio da obra, agregando valor e serviço adicional”, afirma.

Sobre a adoção de inovações, Leutz afirma que camadas de tecnologia sempre vão ajudar a aumentar a produtividade, desde que o projeto seja bem concebido. “Os drones, por exemplo, são grandes fornecedores de dados. Ao ter acesso a esses dados, podemos prever problemas, planejar melhor a manutenção, seja ela preventiva ou preditiva. Futuramente, a Inteligência Artificial também vai estar na construção, para auxiliar o homem em sua tomada de decisões”, conclui.

Entrevistado
Reportagem com base na palestra de Rüdiger Leutz, diretor-geral da Porsche Consulting Brasil, concedida no Workshop Revista M&T 2019

Contato
info@revistamt.com.br

Jornalista responsável: Altair Santos MTB 2330


Massa Cinzenta

Cooperação na forma de informação. Toda semana conteúdos novos para você ficar por dentro do mundo da construção civil.

Veja todos os Conteúdos

Cimento Certo

Conheça os 5 tipos de cimento Itambé e a melhor indicação de uso para argamassa e concreto.Use nosso aplicativo para comparar e escolher o cimento certo para sua obra ou produto.

Cimento Portland pozolânico resistente a sulfatos – CP IV-32 RS

Baixo calor de hidratação, bastante utilizado com agregados reativos e tem ótima resistência a meios agressivos.

Cimento Portland composto com fíler – CP II-F-32

Com diversas possibilidades de aplicações, o Cimento Portland composto com fíler é um dos mais utilizados no Brasil.

Cimento Portland composto com fíler – CP II-F-40

Desempenho superior em diversas aplicações, com adição de fíler calcário. Disponível somente a granel.

Cimento Portland de alta resistência inicial – CP V-ARI

O Cimento Portland de alta resistência inicial tem alto grau de finura e menor teor de fíler em sua composição.

descubra o cimento certo

Cimento Certo

Conheça os 5 tipos de cimento Itambé e a melhor indicação de uso para argamassa e concreto.Use nosso aplicativo para comparar e escolher o cimento certo para sua obra ou produto.

descubra o cimento certo