Realidade virtual transforma compra de imóvel em game

Tecnologia já está disponível e promete revolucionar mercado imobiliário. Porém, especialistas alertam: nada substitui o relacionamento humano

Tecnologia já está disponível e promete revolucionar mercado imobiliário. Porém, especialistas alertam: nada substitui o relacionamento humano

Por: Altair Santos

A tecnologia não para de transformar o mercado imobiliário. Depois da internet e dos aplicativos, chegou a vez da realidade virtual mudar a forma de como o setor se relaciona com o cliente. Agora, não é mais o “apartamento decorado” que define a compra, mas a quantidade de imóveis disponíveis nos óculos 3D. O equipamento promete transformar o sonho da casa própria em videogame.

Óculos 3D coloca comprador dentro da maquete e aposenta unidade decorada
Óculos 3D coloca comprador dentro da maquete e aposenta unidade decorada

Recentemente, no Conecta Imobi 2016 – principal evento de marketing imobiliário do país -, especialistas definiram que, com a realidade virtual, o consumidor não irá apenas comprar um produto. Ele vai querer comprar uma experiência. É o que explica Peter Diamandis – futurista, inovador e autor dos livros Abundance e Bold. “Nos próximos cinco anos, a experiência de compra de um imóvel será completamente diferente do que existe hoje”, afirma. O especialista ainda elenca como o mercado imobiliário irá se relacionar com os clientes nos próximos dez anos, mas alerta: o relacionamento humano continuará existindo e, talvez, fique ainda mais forte entre vendedor e comprador.

As tendências, de acordo com Peter Diamandis, são as seguintes:
– Pesquisas por imóveis serão feitas no conforto da casa do cliente, usando a realidade virtual
– Todas as empresas imobiliárias irão oferecer walk-throughs (passeios) virtuais em 360 graus
– Visita aos imóveis 24 horas por dia
– O público de um vendedor vai abranger compradores do mundo todo
– O corretor será um engenheiro-arquiteto virtual, capaz de mostrar ao cliente todas as etapas de construção do imóvel
– O cliente vai poder decorar o imóvel com a realidade virtual, eliminando o apartamento decorado no estande de vendas
– Também será possível simular mudanças na planta, tirando paredes, mudando pisos e testando cores na pintura
– Com a permissão do cliente, e usando algoritmos de Inteligência Artificial, o óculos 3D vai interpretar o que o usuário gosta e achar o apartamento ideal para cada comprador

Redes sociais
Além disso, as redes sociais estarão conectadas à realidade virtual, como explica Mariana Ferronato, palestrante sobre marketing digital e diretora de marketing do portal VivaReal. “Logicamente, a realidade virtual ainda está longe de dominar o mercado. Contudo, é uma tendência forte. Principalmente, porque o Facebook lançará em breve seu aparelho chamado Oculus Rift. É uma tecnologia de realidade virtual que tem grande potencial para impactar profundamente a visita aos imóveis. Eu já utilizei e afirmo que é sensacional a experiência de usá-lo. Na experiência, me senti dentro do imóvel”, diz.

Nos Estados Unidos, as construtoras de apartamentos luxuosos na região de Nova York já dispõem de vendas por realidade virtual. O país é o que está mais avançado neste tipo de tecnologia, com um grupo de empresas dominando as pesquisas. Entre elas, Vicarious, Google DeepMind, IBM Watson, Facebook, Microsoft Hololens, OTOY e Leap Motion. Os investimentos ultrapassam os bilhões de dólares, e o foco principal é o mercado imobiliário.

Veja vídeo de como funciona a realidade virtual

Entrevistado
Reportagem com base nas palestras realizadas na Conecta Imobi 2016
Contato: contato@conectaimobi.com.br

Crédito Foto: Divulgação

Jornalista responsável: Altair Santos MTB 2330


Massa Cinzenta

Cooperação na forma de informação. Toda semana conteúdos novos para você ficar por dentro do mundo da construção civil.

Veja todos os Conteúdos

Cimento Certo

Conheça os 5 tipos de cimento Itambé e a melhor indicação de uso para argamassa e concreto.Use nosso aplicativo para comparar e escolher o cimento certo para sua obra ou produto.

Cimento Portland pozolânico resistente a sulfatos

Baixo calor de hidratação, bastante utilizado com agregados reativos e tem ótima resistência a meios agressivos.

Cimento Portland composto com fíler

Com diversas possibilidades de aplicações, o Cimento Portland composto com fíler é um dos mais utilizados no Brasil.

Cimento Portland composto com fíler

Desempenho superior em diversas aplicações, com adição de fíler calcário. Disponível somente a granel.

Cimento Portland de alta resistência inicial

O Cimento Portland de alta resistência inicial tem alto grau de finura e menor teor de fíler em sua composição.

descubra o cimento certo

Cimento Certo

Conheça os 5 tipos de cimento Itambé e a melhor indicação de uso para argamassa e concreto.Use nosso aplicativo para comparar e escolher o cimento certo para sua obra ou produto.

descubra o cimento certo