O 82º ENIC oferece propostas para a construção civil do país

Evento contou com a presença do presidente Lula e abordou temas importantes para o setor, como a futura escassez dos recursos da poupança e do fundo de garantia para o financiamento imobiliário.

Uma das questões levantadas durante o Encontro envolve recursos para crédito imobiliário

Por: Lilian Julio

Solenidade de abertura do 82º ENIC em Maceió, com a presença do presidente Lula, ministros e representantes do Sinduscon e CBIC de todo país

Entre os dias 09 e 11 de junho ocorreu na capital de Alagoas um dos maiores eventos da construção civil do país. É o Encontro Nacional da Indústria da Construção (ENIC) realizado pela 82ª vez. O evento acontece uma vez por ano em capitais e cidades brasileiras reunindo engenheiros, empresários do setor e estudantes de arquitetura e engenharia.
O 82º ENIC foi promovido pela Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC) e do Sinduscon de Alagoas e recebeu no dia da abertura a presença do presidente Lula, que defendeu a importância do aquecimento do setor da construção para o desenvolvimento da economia do país.

Debates

Entre os temas que foram abordados durante o ENIC está o financiamento imobiliário. O esgotamento das fontes desses recursos foi o assunto principal na reunião da Comissão de Indústria Imobiliária (CII), no segundo dia do evento. De acordo com o presidente da Comissão, João Crestana, há uma necessidade urgente de se buscar alternativas para o crédito imobiliário. “As projeções mais recentes apontam uma futura escassez dos recursos da poupança e do fundo de garantia”, afirma Crestana.

A falta de financiamento também contribui para aumentar ainda mais o déficit habitacional no Brasil – que atualmente está em 7 milhões de moradias. “Essa carência de unidades habitacionais requer R$ 2 trilhões, enquanto o volume disponível de recursos das linhas de crédito para tal finalidade (poupança e FGTS) é de apenas R$ 465 bilhões”, adverte o diretor executivo da Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança (Abecip), Natalino Gazonato. “Se continuar nesse ritmo os recursos irão acabar em dois anos”, afirma.

Marcos Holanda, presidente do Sinduscon-AL

Além dos temas envolvendo recursos, a 82ª edição do ENIC teve seu foco na sustentabilidade que, de acordo com o presidente do Sinduscon-AL Marcos Holanda, é o maior desafio para as empresas da construção civil. Para ele o ENIC serviu como incentivo para que práticas mais sustentáveis fossem apresentadas, buscando a conscientização do setor. “Pretendemos, a partir de agora, consolidar esse conceito sustentável até o final de 2010 para que no próximo ENIC, em junho do ano que vem, possamos mostrar o que já foi feito”, destaca Holanda.

O Programa de Construção Sustentável apresentado durante o ENIC engloba temas como água, mudanças climáticas, desenvolvimento humano, energia, resíduos, materiais e sistemas, meio ambiente, infraestrutura e desenvolvimento urbano. Outros tópicos, como poder de compra e inovação tecnológica, também foram abordados em discussões durante o evento.

Lançamento

Durante o evento a CBIC lançou o portal do Programa de Inovação Tecnológica (PIT), uma iniciativa que visa estudar, analisar e definir diretrizes para o desenvolvimento, difusão e avaliação de inovações tecnológicas da construção civil brasileira.

O PIT tem como principal objetivo transformar a inovação tecnológica em um caminho estratégico das empresas que buscam um diferencial competitivo.

Para o presidente do Sinduscon-AL o encontro é uma grande possibilidade de estreitar laços e tornar o setor mais unido. “Este evento é um dos mais importantes do país e este ano batemos o recorde de público de todas as edições já realizadas, o que significa mais interesse da classe”, revela Holanda.

Programação do ENIC

Entre os temas mais abordados durante o evento, as palestras focaram as discussões em projetos como:
– Programa Minha Casa, Minha Vida
– Fonte de Recursos de financiamento
– Meio ambiente, infraestrutura e desenvolvimento urbano
– Urbanismo
– Legislação ambiental e licenciamento de empreendimentos
– Gestão de resíduos sólidos
– Eficiência energética das edificações
– Sistemas sustentáveis

Público

Participaram do 82º ENIC cerca de duas mil pessoas. Entre os inscritos nas palestras e apresentações de propostas somaram 1.320 pessoas, entre engenheiros e estudantes de universidades, que tiverem um espaço para divulgar projetos, também voltados para o apelo das construções mais sustentáveis, visando um planeta melhor.

Entrevistado: Marcos Holanda
– Engenheiro Civil formado em 1983 pela Universidade Federal de Alagoas (UFAL);
– Fez mestrado em Engenharia de Estrutura na Universidade de São Paulo (USP);
– Foi Conselheiro do Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia de Alagoas (CREA);
– Atualmente, além de presidente do Sindicato da Indústria da Construção do Estado de Alagoas – Sinduscon, gestão 2007/2011 é, também, vice- presidente da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), gestão 2008/2011;
– Professor do Curso de Engenharia da Universidade Federal de Alagoas, e Presidente Diretor da Empresa Nacional de Engenharia e Construções Ltda. (ENENGI).
Email: presidente@sinduscon-al.com.br

Jornalista responsável: Silvia Elmor – MTB 4417/18/57 – Vogg Branded Content



Massa Cinzenta

Cooperação na forma de informação. Toda semana conteúdos novos para você ficar por dentro do mundo da construção civil.

Veja todos os Conteúdos

Cimento Certo

Conheça os 4 tipos de cimento Itambé e a melhor indicação de uso para argamassa e concreto.
Use nosso aplicativo para comparar e escolher o cimento certo para sua obra ou produto.

Cimento Portland pozolânico resistente a sulfatos – CP IV-32 RS

Baixo calor de hidratação, bastante utilizado com agregados reativos e tem ótima resistência a meios agressivos.

Cimento Portland composto com fíler – CP II-F-32

Com diversas possibilidades de aplicações, o Cimento Portland composto com fíler é um dos mais utilizados no Brasil.

Cimento Portland composto com fíler – CP II-F-40

Desempenho superior em diversas aplicações, com adição de fíler calcário. Disponível somente a granel.

Cimento Portland de alta resistência inicial – CP V-ARI

O Cimento Portland de alta resistência inicial tem alto grau de finura e menor teor de fíler em sua composição.

descubra o cimento certo

Cimento Certo

Conheça os 4 tipos de cimento Itambé e a melhor indicação de uso para argamassa e concreto.
Use nosso aplicativo para comparar e escolher o cimento certo para sua obra ou produto.

descubra o cimento certo


O 82º ENIC oferece propostas para a construção civil do país

Evento contou com a presença do presidente Lula e abordou temas importantes para o setor, como a futura escassez dos recursos da poupança e do fundo de garantia para o financiamento imobiliário.

Uma das questões levantadas durante o Encontro envolve recursos para crédito imobiliário

Por: Lilian Julio

Solenidade de abertura do 82º ENIC em Maceió, com a presença do presidente Lula, ministros e representantes do Sinduscon e CBIC de todo país

Entre os dias 09 e 11 de junho ocorreu na capital de Alagoas um dos maiores eventos da construção civil do país. É o Encontro Nacional da Indústria da Construção (ENIC) realizado pela 82ª vez. O evento acontece uma vez por ano em capitais e cidades brasileiras reunindo engenheiros, empresários do setor e estudantes de arquitetura e engenharia.
O 82º ENIC foi promovido pela Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC) e do Sinduscon de Alagoas e recebeu no dia da abertura a presença do presidente Lula, que defendeu a importância do aquecimento do setor da construção para o desenvolvimento da economia do país.

Debates

Entre os temas que foram abordados durante o ENIC está o financiamento imobiliário. O esgotamento das fontes desses recursos foi o assunto principal na reunião da Comissão de Indústria Imobiliária (CII), no segundo dia do evento. De acordo com o presidente da Comissão, João Crestana, há uma necessidade urgente de se buscar alternativas para o crédito imobiliário. “As projeções mais recentes apontam uma futura escassez dos recursos da poupança e do fundo de garantia”, afirma Crestana.

A falta de financiamento também contribui para aumentar ainda mais o déficit habitacional no Brasil – que atualmente está em 7 milhões de moradias. “Essa carência de unidades habitacionais requer R$ 2 trilhões, enquanto o volume disponível de recursos das linhas de crédito para tal finalidade (poupança e FGTS) é de apenas R$ 465 bilhões”, adverte o diretor executivo da Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança (Abecip), Natalino Gazonato. “Se continuar nesse ritmo os recursos irão acabar em dois anos”, afirma.

Marcos Holanda, presidente do Sinduscon-AL

Além dos temas envolvendo recursos, a 82ª edição do ENIC teve seu foco na sustentabilidade que, de acordo com o presidente do Sinduscon-AL Marcos Holanda, é o maior desafio para as empresas da construção civil. Para ele o ENIC serviu como incentivo para que práticas mais sustentáveis fossem apresentadas, buscando a conscientização do setor. “Pretendemos, a partir de agora, consolidar esse conceito sustentável até o final de 2010 para que no próximo ENIC, em junho do ano que vem, possamos mostrar o que já foi feito”, destaca Holanda.

O Programa de Construção Sustentável apresentado durante o ENIC engloba temas como água, mudanças climáticas, desenvolvimento humano, energia, resíduos, materiais e sistemas, meio ambiente, infraestrutura e desenvolvimento urbano. Outros tópicos, como poder de compra e inovação tecnológica, também foram abordados em discussões durante o evento.

Lançamento

Durante o evento a CBIC lançou o portal do Programa de Inovação Tecnológica (PIT), uma iniciativa que visa estudar, analisar e definir diretrizes para o desenvolvimento, difusão e avaliação de inovações tecnológicas da construção civil brasileira.

O PIT tem como principal objetivo transformar a inovação tecnológica em um caminho estratégico das empresas que buscam um diferencial competitivo.

Para o presidente do Sinduscon-AL o encontro é uma grande possibilidade de estreitar laços e tornar o setor mais unido. “Este evento é um dos mais importantes do país e este ano batemos o recorde de público de todas as edições já realizadas, o que significa mais interesse da classe”, revela Holanda.

Programação do ENIC

Entre os temas mais abordados durante o evento, as palestras focaram as discussões em projetos como:
– Programa Minha Casa, Minha Vida
– Fonte de Recursos de financiamento
– Meio ambiente, infraestrutura e desenvolvimento urbano
– Urbanismo
– Legislação ambiental e licenciamento de empreendimentos
– Gestão de resíduos sólidos
– Eficiência energética das edificações
– Sistemas sustentáveis

Público

Participaram do 82º ENIC cerca de duas mil pessoas. Entre os inscritos nas palestras e apresentações de propostas somaram 1.320 pessoas, entre engenheiros e estudantes de universidades, que tiverem um espaço para divulgar projetos, também voltados para o apelo das construções mais sustentáveis, visando um planeta melhor.

Entrevistado: Marcos Holanda
– Engenheiro Civil formado em 1983 pela Universidade Federal de Alagoas (UFAL);
– Fez mestrado em Engenharia de Estrutura na Universidade de São Paulo (USP);
– Foi Conselheiro do Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia de Alagoas (CREA);
– Atualmente, além de presidente do Sindicato da Indústria da Construção do Estado de Alagoas – Sinduscon, gestão 2007/2011 é, também, vice- presidente da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), gestão 2008/2011;
– Professor do Curso de Engenharia da Universidade Federal de Alagoas, e Presidente Diretor da Empresa Nacional de Engenharia e Construções Ltda. (ENENGI).
Email: presidente@sinduscon-al.com.br

Jornalista responsável: Silvia Elmor – MTB 4417/18/57 – Vogg Branded Content



Massa Cinzenta

Cooperação na forma de informação. Toda semana conteúdos novos para você ficar por dentro do mundo da construção civil.

Veja todos os Conteúdos

Cimento Certo

Conheça os 4 tipos de cimento Itambé e a melhor indicação de uso para argamassa e concreto.
Use nosso aplicativo para comparar e escolher o cimento certo para sua obra ou produto.

Cimento Portland pozolânico resistente a sulfatos – CP IV-32 RS

Baixo calor de hidratação, bastante utilizado com agregados reativos e tem ótima resistência a meios agressivos.

Cimento Portland composto com fíler – CP II-F-32

Com diversas possibilidades de aplicações, o Cimento Portland composto com fíler é um dos mais utilizados no Brasil.

Cimento Portland composto com fíler – CP II-F-40

Desempenho superior em diversas aplicações, com adição de fíler calcário. Disponível somente a granel.

Cimento Portland de alta resistência inicial – CP V-ARI

O Cimento Portland de alta resistência inicial tem alto grau de finura e menor teor de fíler em sua composição.

descubra o cimento certo

Cimento Certo

Conheça os 4 tipos de cimento Itambé e a melhor indicação de uso para argamassa e concreto.
Use nosso aplicativo para comparar e escolher o cimento certo para sua obra ou produto.

descubra o cimento certo
Fale com a nossa equipe
Cimento Itambé
Serviços disponíveis:

• Enviar pedidos de cimento;
• Solicitar autorização de placas para carregamento;
• Consultar informações relacionadas às programações;
• Enviar comprovantes de pagamento.

Para vendas, ligue: 0800 041 9002