Norma de Desempenho: veja o que muda com a revisão

Coordenador da comissão especial da ABNT NBR 15575, engenheiro civil Fábio Villas Bôas detalha alterações

Norma de Desempenho: veja o que muda com a revisão

Norma de Desempenho: veja o que muda com a revisão 1024 640 Cimento Itambé
Processo de revisão está atualizando todas as 6 partes da norma técnica, com destaque para os desempenhos acústico, térmico, lumínico e de durabilidade Crédito: Banco de Imagens

Processo de revisão está atualizando todas as 6 partes da norma técnica, com destaque para os desempenhos acústico, térmico, lumínico e de durabilidade
Crédito: Banco de Imagens

A nova edição da ABNT NBR 15575 (Norma de Desempenho de Edificações) ainda não tem data para ser publicada, mas recentemente o coordenador da comissão especial de revisão, o engenheiro civil Fábio Villas Bôas, expôs os principais pontos que serão ajustados. Não haverá alterações drásticas nas 6 partes que compõem a norma, e sim uma adequação de pontos que geram dificuldades de interpretação ou que precisam ser atualizados para ficar compatíveis com outras normas técnicas que já foram revisadas. “Apesar do mercado estar mais maduro que na época do lançamento da Norma de Desempenho, em 2013, não é o momento de alterar critérios quantitativos da norma”, afirma Fábio Villas Bôas.

O coordenador participou de uma live via Facebook, no dia 25 de julho, e destacou que a revisão da ABNT NBR 15575 não busca gerar conflitos. “O Brasil é um país com dimensões continentais, com vários microclimas e características urbanas. São mais de 5 mil municípios, dos quais muitos possuem seus próprios planos diretores e códigos de edificações, e que precisam ser respeitados. Então, a ideia é adaptar ao máximo a norma a essas realidades”, diz. Apesar de todas as 6 partes da norma técnica estarem sob revisão, o foco da comissão (ABNT/ CE-002:136.001 [https://www.cimentoitambe.com.br/revisao-da-norma-de-desempenho-vai-criar-novas-normas/]) está concentrado em 4 pontos: acústica, lumínica, térmica e durabilidade. A Norma de Desempenho está em revisão desde 14 de setembro de 2018.

Revisão da Norma de Desempenho dará um passo adiante e vai abordar a segurança contra incêndio

Na parte que trata do desempenho térmico, as principais alterações propostas envolvem a harmonização com a ABNT NBR 15220 – parte 3 (Transmitância Térmica e Capacidade Térmica) e alinhamento com o Programa Brasileiro de Eficiência Energética (PROCEL). Quanto ao desempenho lumínico, os pontos que envolvem adequações abrangem a revisão geral sobre a conceituação, requisitos e critérios de iluminação natural e a definição clara dos pontos de medição em ambientes compostos. Com relação à acústica, a comissão busca melhor definição do enquadramento nas zonas de ruído e proporá a eliminação das medições de campo, exceto quando existirem evidentes problemas de execução.

Quando foi criada, a Norma de Desempenho tinha como prioridade melhorar o desempenho termoacústico das edificações. Nesta revisão, ela dará um passo adiante e também vai abordar a segurança contra incêndio. O objetivo é adequá-la às normas técnicas ABNT NBR 16626 (Classificação da reação ao fogo de produtos de construção), ABNT NBR 9077 (Saídas de Emergência) e ABNT NBR 5628 (Método de ensaio de resistência ao fogo) e também às instruções técnicas do Corpo de Bombeiros. O coordenador Fábio Villas Bôas revela que um dos alvos será as varandas de apartamentos, geralmente transformadas em salas fechadas por seus proprietários, contrariando recomendações e o projeto original.

Veja o escopo da revisão da Norma de Desempenho, clique aqui.

Acesse o link e assista à palestra do coordenador da revisão da Norma de Desempenho
https://www.facebook.com/cbicbrasil/videos/722417101525485/

Entrevistado
Reportagem com base em palestra do engenheiro civil Fábio Villas Bôas, coordenador da comissão especial de revisão da ABNT NBR 15575 (Norma de Desempenho de Edificações)

Contato: villasboas@Tecnisa.com.br

1 de agosto de 2019

VEJA TAMBÉM NO MASSA CINZENTA

MANTENHA-SE ATUALIZADO COM O MERCADO

Cadastre-se no Massa Cinzenta e receba o informativo semanal sobre o mercado da construção civil