06/05/2008

Norma brasileira ganha status internacional

O reconhecimento é da International Organization for Standardization

O reconhecimento é da International Organization for Standardization

A norma NBR 6118:2003 – Projeto de estruturas de concreto – Procedimento é, desde 21 de abril passado, uma norma de padrão internacional. O reconhecimento é da International Organization for Standardization (ISO) no comitê técnico ISO/TC 71 (Technical Committee of Concrete, Reinforced Concrete and Pre-stressed Concrete) desta instituição. A votação que faz estas aprovações deve ter voto favorável de, pelo menos, 75% dos 88 países que compõem o Comitê Técnico. A 6118:2003 entrará na cláusula A2 da ISO 19338 – Performance and assessment requirements for design standards on structural concrete.

A engenheira Inês Laranjeira da Silva Battagin, Superintendente do Comitê Brasileiro de Cimento, Concreto e Agregados – CB18, da Associação Brasileira de Normas Técnicas – ABNT – ressalta o brilho desta conquista: “Este feito inédito enaltece a engenharia nacional, fazendo valer nossa cultura de construir em concreto, ao mesmo tempo em que permite o uso da Norma Brasileira ABNT NBR 6118 como documento internacional, por ter sido registrada e reconhecida no Comitê Técnico ISO/TC71”.

A NBR 6118:2003 em vigor, historicamente conhecida como NB-1, tem 221 páginas, teve sua primeira edição em 31.03.2003 e foi corrigida em 31.03.2004. Foi elaborada no Comitê Brasileiro de Construção Civil (CB-02) pela Comissão de Estudo de Estruturas de Concreto Simples, Armado e Pretendido (CE-02:124.15).

Além da norma brasileira, outras nove têm o reconhecimento aos requisitos da ISO 19338:

1. EUA – ACI 318 – Building Standards Requirements for Structural Concrete

2. EUA – ACI 343 – Analysis and Design of Reinforced Concrete Bridge Structures

3. Comunidade Européia – EN 1992-1 – Eurocode 2. Design of Concrete Structures. Part 1

4. Japão – AIJ Standard for Structural Calculation of Reinforced Concrete Structures

5. Japão – AIJ Standard for Structural Design and Construction of Prestressed Concrete Structures

6. Japão – AIJ Standard Specification for Concrete Structures

7. Austrália – AS 3600:2001 – Concrete Structures

8. Colômbia – Code – National Structural Concrete Structures

9. Arábia Saudita – SB 304 – Saudi Building Code: Concrete Structures

Créditos: Engº. Jorge Aoki – Gerente de Assessoria Técnica Itambé


06/05/2008

Massa Cinzenta

Cooperação na forma de informação. Toda semana conteúdos novos para você ficar por dentro do mundo da construção civil.

Veja todos os Conteúdos

Cimento Certo

Conheça os 5 tipos de cimento Itambé e a melhor indicação de uso para argamassa e concreto.Use nosso aplicativo para comparar e escolher o cimento certo para sua obra ou produto.

Cimento Portland pozolânico resistente a sulfatos – CP IV-32 RS

Baixo calor de hidratação, bastante utilizado com agregados reativos e tem ótima resistência a meios agressivos.

Cimento Portland composto com fíler – CP II-F-32

Com diversas possibilidades de aplicações, o Cimento Portland composto com fíler é um dos mais utilizados no Brasil.

Cimento Portland composto com fíler – CP II-F-40

Desempenho superior em diversas aplicações, com adição de fíler calcário. Disponível somente a granel.

Cimento Portland de alta resistência inicial – CP V-ARI

O Cimento Portland de alta resistência inicial tem alto grau de finura e menor teor de fíler em sua composição.

descubra o cimento certo

Cimento Certo

Conheça os 5 tipos de cimento Itambé e a melhor indicação de uso para argamassa e concreto.Use nosso aplicativo para comparar e escolher o cimento certo para sua obra ou produto.

descubra o cimento certo