Maior ponte de concreto em 3D é inaugurada na China

Projeto causa economia de 33% em relação a um sistema convencional e incorpora monitoramento em tempo real

Maior ponte de concreto em 3D é inaugurada na China

Maior ponte de concreto em 3D é inaugurada na China 1024 683 Cimento Itambé
ponte

Para testar a estrutura, ponte recebeu 100 pedestres de uma só vez no dia de sua inauguração, em janeiro de 2019. Crédito: Tsinghua University

Uma ponte pedonal (ponte para tráfego de pedestres) com 26,3 metros de comprimento e 3,6 metros de largura é a maior obra de arte em concreto construída por meio de impressão 3D. A estrutura foi concluída recentemente em Xangai, na China. O tabuleiro da ponte é composto por 44 elementos de concreto, enquanto os guarda-corpos são divididos em 68 unidades. Os componentes foram impressos a partir de materiais compósitos, contendo concreto misturado a fibras de polietileno para melhorar o desempenho estrutural da ponte. O projeto é do professor Xu Weiguo, da escola de arquitetura da Universidade de Tsinghua.

Construída para a circulação de pedestres, a ponte teve seus elementos impressos em 450 horas e foi montada em uma semana, por 10 operários da construção civil. O projeto causou economia de 33% em relação a um sistema convencional de construção. Os dois robôs que atuaram na impressão trabalharam ininterruptamente. Com isso, evitou-se a obstrução no processo de extrusão e eventuais colapsos durante o empilhamento de camadas do material. Outra inovação envolve a fórmula da pasta para a impressão, cujo foco se concentrou no desempenho acima de 80 MPa e na estabilidade da reologia do concreto.

A ponte também incorpora sistema de monitoramento em tempo real, incluindo sensores de tensão e de deformação de alta precisão. Isso permite coletar os dados e possibilita aos pesquisadores rastrear o desempenho do concreto e as propriedades mecânicas dos componentes da estrutura. “A conclusão da ponte representa mais um passo na consolidação da tecnologia de impressão 3D em concreto e coloca a China como um dos países de vanguarda no uso deste modelo de construção”, avalia o professor Xu Weiguo. A impressão e a construção da ponte contaram com a participação da empresa Wisdom Bay Innovation Park, que já atuou em outros projetos com impressão 3D na China.

Estrutura se inspira na ponte mais antiga da China, construída há 1.400 anos

A estrutura para pedestres em Xangai foi inspirada na ponte mais antiga da China, construída entre 589 e 618 d.C, em Zhaoxian, no norte do país. Apesar de ser a maior obra de arte em concreto construída por meio de impressão 3D, o projeto não é inédito. A primeira ponte de concreto impressa em 3D do mundo foi inaugurada na Holanda, em outubro de 2017, medindo 8 metros. A estrutura foi projetada pela Universidade de Tecnologia de Eindhoven, na cidade de Gemert, com a função de ligar dois pontos de uma ciclovia.

Em seu comunicado sobre a construção da ponte, o professor Xu Weiguo constata que a impressão 3D em concreto ainda precisará amadurecer para ser utilizada pela “engenharia real”. “Ainda há muitos pontos de estrangulamento que precisam ser resolvidos na construção da impressão 3D de concreto. O ponto positivo é que já existem algumas instituições de pesquisa científica e empresas de construção no mundo que estão comprometidas com a pesquisa técnica nesta área. Entendemos que será a tecnologia do futuro, até porque a demanda por mão de obra em projetos de construção será cada vez mais escassa”, finaliza.

Veja vídeo sobre a construção da ponte construída em Xangai

Entrevistado
Professor Xu Weiguo, da escola de arquitetura da Universidade de Tsinghua

Contato: xwg@mail.tsinghua.edu.cn

Jornalista responsável: Altair Santos MTB 2330
VEJA TAMBÉM NO MASSA CINZENTA

MANTENHA-SE ATUALIZADO COM O MERCADO

Cadastre-se no Massa Cinzenta e receba o informativo semanal sobre o mercado da construção civil