Kumar Mehta deixa legado em pesquisas de cimento e concreto

Professor-emérito da Universidade de Berkeley tornou-se referência mundial para a engenharia civil

Kumar Mehta deixa legado em pesquisas de cimento e concreto

Kumar Mehta deixa legado em pesquisas de cimento e concreto 1018 681 Cimento Itambé
Kumar Mehta esteve no Brasil para participar de duas edições do Congresso Brasileiro do Concreto, em 2007 e 2009 Crédito: ACI

Kumar Mehta esteve no Brasil para participar de duas edições do Congresso Brasileiro do Concreto, em 2007 e 2009
Crédito: ACI

Povindar Kumar Mehta, professor-emérito do departamento de engenharia dos materiais da Universidade de Berkeley, morreu dia 7 de agosto de 2019, aos 88 anos. Ele deixa um legado de muitas pesquisas sobre cimento e concreto. Por isso, era considerado um dos ícones entre os que trabalham com esses materiais. 

O professor ministrou cursos em matérias como tecnologia avançada do concreto e construção com concreto. Escreveu o livro “Concreto: estrutura, propriedades e materiais” (Prentice-Hall, 1986) – referência mundial – e contribuiu com capítulos para outros livros sobre as propriedades do concreto.

Ao todo, publicou quase 250 artigos científicos e quatro livros. Entre eles, “Concreto: microestrutura, propriedades e materiais” (2006), e que teve como coautor o brasileiro Paulo Monteiro, professor-titular do departamento de engenharia civil da Universidade de Berkeley, na Califórnila-EUA.

Kumar Mehta esteve no Brasil para participar de duas edições do Congresso Brasileiro do Concreto, promovido pelo IBRACON (Instituto Brasileiro do Concreto). Em 2007, em Bento Gonçalves-RS, lançou o livro em coautoria com o professor Paulo Monteiro; em 2009, em Curitiba-PR, palestrou sobre a sustentabilidade da indústria de cimento.

Pesquisador tornou-se sócio-honorário do ACI e também do IBRACON

Metha tornou-se também referência mundial no desenvolvimento de “concreto verde”. Em 1988, o American Concrete Institute (ACI) concedeu a ele a prestigiosa medalha Wason para pesquisa de materiais. Em 1993, recebeu a mais alta honraria da Universidade de Berkeley, por suas contribuições no campo do concreto: a Berkeley Citation. 

Já, em 2006, foi contemplado com o prêmio “Lifetime Achievement Award from the Coal Combustion Products Partnership”, em reconhecimento às suas pesquisas sobre o uso de cinzas volantes no concreto estrutural. Por décadas estudou métodos de como economizar energia na fabricação de cimento, através do uso de materiais residuais

Sócio-honorário do ACI (American Concrete Institute) e também do IBRACON, Kumar Mehta ministrou cursos sobre o uso de materiais pela engenharia civil, tecnologia avançada de concreto e construção de concreto. Nascido na Índia ingressou para o quadro de professores da Universidade de Berkeley em 1964.

A formação acadêmica de Kumar Mehta inclui graduação em engenharia química na Universidade de Nova Delhi, na Índia; mestrado em engenharia cerâmica pela Universidade Estadual da Carolina do Norte, nos Estados Unidos, e doutorado em engenharia de ciências dos materiais pela Universidade de Berkeley.

Entrevistado
Reportagem com base na biografia de Povindar Kumar Mehta, publicada pela Universidade de Berkeley

Contato: info@ce.berkeley.edu

VEJA TAMBÉM NO MASSA CINZENTA

MANTENHA-SE ATUALIZADO COM O MERCADO

Cadastre-se no Massa Cinzenta e receba o informativo semanal sobre o mercado da construção civil