Interior concentra as cidades inteligentes do Brasil

É o que aponta o Ranking Connected Smart Cities, com base em qualidade de vida, oportunidades e planejamento

Interior concentra as cidades inteligentes do Brasil

Interior concentra as cidades inteligentes do Brasil 1024 545 Cimento Itambé
Campinas-SP lidera o ranking de cidades inteligentes, destacando-se nos indicadores economia, tecnologia e inovação, empreendedorismo, governança e mobilidade e acessibilidade Crédito: Urban Systems

Campinas-SP lidera o ranking de cidades inteligentes, destacando-se nos indicadores economia, tecnologia e inovação, empreendedorismo, governança e mobilidade e acessibilidade
Crédito: Urban Systems

A nova ISO 37122 (Sustainable cities and communities – indicators for smart cities [Indicadores para serviços municipais e qualidade de vida nas comunidades]), publicada em maio de 2019, mudou o mapa das cidades inteligentes no Brasil. Antes um privilégio das principais capitais do país, os novos requisitos mostram que é no interior que estão os melhores lugares com qualidade de vida, oportunidades e planejamento. A ponto da cidade de Campinas-SP ter ganhado o título de cidade mais inteligente na versão 2019 do Ranking Connected Smart Cities

A cidade paulista superou São Paulo-SP e Curitiba-PR, que ocupam 2º e 3º lugares no ranking, e que em edições anteriores se revezavam na primeira colocação. Além de ser a maior cidade do interior de São Paulo e do Brasil, Campinas destaca-se por ser pólo universitário, pólo tecnológico, pólo de inovação e região industrial com forte apelo logístico e de distribuição. Com porte populacional (1,2 milhão de habitantes) e econômico superior a muitas capitais brasileiras, a cidade protagoniza os seguintes indicadores do ranking: economia, tecnologia e inovação, empreendedorismo, governança e mobilidade e acessibilidade.

Outros dados levados em consideração para a elaboração do Ranking Connected Smart Cities estão relacionados com urbanismo, meio ambiente, saúde, educação e segurança. A ISO 37122, que influenciou fortemente a nova lista e deu competitividade às cidades do interior, considera 80 indicadores, agrupados em 18 eixos: Economia, Educação, Energia, Meio ambiente e Mudanças Climáticas, Finanças, Governança, Saúde, Habitação, População e condições sociais, Recreação, Segurança, Resíduos sólidos, Esporte e Cultura, Telecomunicação, Transportes, Agricultura urbana/local e segurança alimentar, Planejamento urbano, Águas residuais e Água.

Dezenove cidades da região sul estão entre as 100 melhores do Brasil

Campinas foi a 1ª colocada nos recortes economia e tecnologia e inovação. Foi a 2ª em empreendedorismo, 3ª em governança e 4ª em mobilidade e acessibilidade. Para comprovar que o interior está valorizado na edição 2019 do Ranking Connected Smart Cities, na lista das 100 cidades mais inteligentes 15 possuem menos de 100 mil habitantes. Isso mostra que não é necessário ter grande porte populacional e econômico para atingir índices altos nos indicadores do estudo. Jaguariúna-SP foi apontada como a cidade mais inteligente na faixa populacional de 50 mil a 100 mil. 

Já São Caetano do Sul-SP é a melhor entre as cidades de 100 mil a 500 mil habitantes, destacando-se em 1º lugar no indicador educação. Curitiba foi a 1ª colocada no recorte urbanismo, Santos-SP destacou-se em meio ambiente, Vitória-ES em saúde e Balneário Camboriú-SC em segurança.  Dez estados brasileiros não possuem cidades na lista das 100 mais inteligentes, a maioria das regiões norte (só Palmas-TO se destaca) e nordeste (representada apenas por Recife-PE, Salvador-BA, Natal-RN, Fortaleza-CE e Teresina-PI).  

Já a região sul tem 19 cidades entre as 100. Além de Curitiba-PR (3º), aparecem Florianópolis-SC (7º), Blumenau-SC (9º), Joinville-SC (15º), Itajaí-SC (16º), Balneário Camboriú-SC (17º), Porto Alegre-RS (20º), Maringá-PR (26º), Londrina-PR (33º), Pato Branco-PR (37º), Jaraguá do Sul-SC (41º), Foz do Iguaçu-PR (53º), Cascavel-PR (63º), Caxias do Sul-RS (70º), Chapecó-SC (75º), Toledo-PR (81º), Umuarama-PR (88º), Erechim-RS (94ª) e Tubarão-SC (96ª).   

Confira a lista completa do Ranking Connected Smart Cities

Entrevistado
Reportagem com base no relatório da edição 2019 do Ranking Connected Smart Cities

Contato: contato@urbansystems.com.br

Jornalista responsável: Altair Santos MTB 2330

VEJA TAMBÉM NO MASSA CINZENTA

MANTENHA-SE ATUALIZADO COM O MERCADO

Cadastre-se no Massa Cinzenta e receba o informativo semanal sobre o mercado da construção civil