11/05/2021

Índia bate recorde mundial de pavimentação em concreto

Trecho de 2.580 metros da rodovia, que liga Nova Déli, Vadodara e Mumbai, foi concluído em 24 horas

Pavimentação que alcançou o recorde mundial foi planejada desde 2018 e abrangeu as duas pistas da rodovia Crédito: NHAI
Pavimentação que alcançou o recorde mundial foi planejada desde 2018 e abrangeu as duas pistas da rodovia
Crédito: NHAI

A duplicação da rodovia que liga as cidades indianas de Nova DéliVadodara e Mumbai entrou para o Livro dos Recordes como a estrada com o maior trecho de pavimentação em concreto no período de 24 horas. A empreiteira contratada pela Autoridade Nacional de Rodovias da Índia (National Highways Authority of India) pavimentou 2.580 metros entre 8h de 1º de fevereiro de 2021 e 8h do dia seguinte. Foram aplicados 14.613 m³ de concreto.

Detalhe: a concretagem ocorreu simultaneamente nas duas pistas da nova rodovia. A empresa responsável pela empreitada é a Patel Infrastructure Limited, que usou uma vibroacabadora Wirtgen SP 1600 especialmente modificada. A máquina foi adaptada para atender pistas com largura de 18,75 metros. Também foram utilizadas 3 pavimentadoras. O feito teve o reconhecimento do India Book of Records e do Golden Book of World Records. A homologação aconteceu dia 18 de abril de 2021.

Fila de caminhões na central de concreto para levar insumo até o local da pavimentação: plano usou 120 veículos Crédito: NHAI
Fila de caminhões na central de concreto para levar insumo até o local da pavimentação: plano usou 120 veículos
Crédito: NHAI

Para conseguir o recorde de pavimentação em 24 horas, a empreiteira contou com 3 centrais de produção de concreto operando ininterruptamente por 20 horas. Uma tem capacidade para produzir 240 m³/hora, outra 112 m³/hora e a terceira 60 m³/hora. Também foram utilizados 120 caminhões para o transporte do material até o local da obra. A produção de concreto consumiu 4.676 toneladas de cimento, 1.169 toneladas de cinzas volantes e 350 toneladas de placas de gelo.

projeto de duplicação da rodovia começou em 2018 e tem 63 quilômetros com pavimentação em concreto. Cada pista possui duas faixas de tráfego e a largura total da estrada, contando a área de rodagem dos veículos, o espaço para as barreiras New Jersey e os acostamentos, chega a 46 metros. Isso permitiu que cada uma das pistas tivesse 15 metros de largura, além de acostamentos com 5 metros de cada lado e mais 2 metros de acostamentos de terra. O pavimento tem inclinação de 2,5° para ajudar no escoamento da água da chuva.

Índia é o país que mais recupera e constrói rodovias atualmente no mundo

Vibroacabadora precisou ser adaptada para atender a largura de cada uma das pistas da rodovia Crédito: NHAI
Vibroacabadora precisou ser adaptada para atender a largura de cada uma das pistas da rodovia
Crédito: NHAI

Como a nova rodovia que ligará Nova Déli, Vadodara e Mumbai terá grande fluxo de caminhões e automóveis – o projeto atende até 100 mil veículos por dia -, e também foi construída sobre uma área de solos moles, o trecho de 63 quilômetros de pavimento rígido conta com subleito de 50 centímetros, mais 10 centímetros de camadas superiores e 30 centímetros de pavimento de concreto.

empreiteira iniciou a concretagem em 2019 e prevê entregá-la em agosto de 2021. Ao todo, a rodovia que sai de Nova Déli e termina em Mumbai terá 1.300 quilômetros de extensão, mas também há trechos com pavimento mole (asfalto) em construção. O plano do governo indiano é que a maior estrada pedagiada do país seja concluída até o final de 2022.

Índia é o país que mais recupera e constrói rodovias atualmente no mundo. Entre abril de 2020 e janeiro de 2021, foram pavimentados 8.169 quilômetros – média de 28,16 quilômetros por dia. No período 2019-2020, o país pavimentou 7.573 quilômetros – média diária de 26,11 quilômetros. A meta para o ano fiscal indiano 2021-2022 é alcançar os 11 mil quilômetros.

Entrevistado
Bureau de Imprensa do governo da Índia (Press Information Bureau) e National Highways Authority of India (NHAI)

Contatos
press@nhai.gov.in 
press@pib.gov.in

Jornalista responsável:
Altair Santos MTB 2330


11/05/2021

Massa Cinzenta

Cooperação na forma de informação. Toda semana conteúdos novos para você ficar por dentro do mundo da construção civil.

Veja todos os Conteúdos

Cimento Certo

Conheça os 5 tipos de cimento Itambé e a melhor indicação de uso para argamassa e concreto.Use nosso aplicativo para comparar e escolher o cimento certo para sua obra ou produto.

Cimento Portland pozolânico resistente a sulfatos – CP IV-32 RS

Baixo calor de hidratação, bastante utilizado com agregados reativos e tem ótima resistência a meios agressivos.

Cimento Portland composto com fíler – CP II-F-32

Com diversas possibilidades de aplicações, o Cimento Portland composto com fíler é um dos mais utilizados no Brasil.

Cimento Portland composto com fíler – CP II-F-40

Desempenho superior em diversas aplicações, com adição de fíler calcário. Disponível somente a granel.

Cimento Portland de alta resistência inicial – CP V-ARI

O Cimento Portland de alta resistência inicial tem alto grau de finura e menor teor de fíler em sua composição.

descubra o cimento certo

Cimento Certo

Conheça os 5 tipos de cimento Itambé e a melhor indicação de uso para argamassa e concreto.Use nosso aplicativo para comparar e escolher o cimento certo para sua obra ou produto.

descubra o cimento certo