Varejo da construção é ambiente fértil para as startups

Ideias que impulsionem o negócio nunca devem ser descartadas por donos de lojas de pequeno e médio portes

Carlos Zago
Carlos Zago: startups são abertas, desburocratizadas e atendem a todos os segmentos da economia. Crédito: Cia. de Cimento Itambé

Especialista em desenvolvimento de startups, Carlos Zago avalia que os conceitos disseminados por essas empresas abertas à inovação podem se encaixar em qualquer segmento. Inclusive, o de lojas de varejo de material de construção. Para o CEO da Innovster, que palestrou no encontro VMC (Varejo de Material de Construção), ocorrido dentro da FEICON 2019, o que importa é estar aberto a novas ideias. “O primeiro passo para que o pequeno e o médio varejistas inovem em suas lojas é estar disposto a ouvir novas ideias. Independentemente do tamanho da empresa, o dono tem que dizer: estou aberto a novas ideias que possam impulsionar meu negócio”, diz.

Carlos Zago, que é médico de formação, lembra que as startups trouxeram conceitos e metodologias muito ágeis para todos os setores em que atuam. “Com elas, a inovação se tornou um espaço aberto. Antigamente, o dono da empresa era quem tinha as grandes ideias. Só que ele mantinha aquilo em sigilo, para uso exclusivo. Depois, as empresas cresceram e a inovação foi entregue aos setores de P&D (Pesquisa e Desenvolvimento). Desde 2012, as grandes corporações passaram a perceber que estavam precisando investir cada vez mais em P&D para alcançar o mesmo nível de inovação, ou seja, a inovação burocratizou dentro das empresas e abriu espaço para as startups”, revela.

O palestrante destaca que as startups conseguem colocar inovações mais rapidamente no mercado. “Elas são abertas, desburocratizadas. São laboratórios de inovação. Hoje, por exemplo, um smartphone é feito de diversas inovações desenvolvidas por startups. É mais fácil, mais rápido e mais barato. Isso começa a chegar na construção civil com as construtechs”, afirma. Projeções estimam que até 2050 as construtechs devem influenciar todas as etapas da obra: do projeto ao processo de compras entre fornecedores e construtores, passando pelo canteiro de obras, a segurança no trabalho e chegando à gestão da manutenção predial.

O que mais cresce no Brasil são tecnologias de relacionamento com o consumidor

O varejo da construção também não está alheio às startups, apesar de ainda ser o mais tímido dos segmentos, se comparado com outros setores. O que mais cresce no Brasil, segundo dados da Retail Tech Mining Report, com apoio do Centro de Estudos e Pesquisas do Varejo (CEPEV) da USP e da Associação Brasileira de Startups, são as tecnologias voltadas para melhorar a forma de relacionamento com o consumidor. Entre março de 2018 e março de 2019, o número de empresas focadas neste tipo de inovação subiu de 194 para 269 no país. A região sudeste possui a maior concentração de startups (67,1%), seguida pela região sul (25,6%), Nordeste (5%), Centro-Oeste (1,8%) e Norte (0,8%). Metade destas empresas está no estado de São Paulo. O Rio Grande do Sul ocupa a segunda posição no ranking, com quase 10% das startups. Depois vêm Minas Gerais (9%), Paraná (8,2%), Santa Catarina (7,8%) e Rio de Janeiro (7,4%).

Entrevistado
Reportagem com base na palestra “Tecnologia e Inovações para o Varejo de Material de Construção”, de Carlos Zago, concedida no encontro VMC (Varejo de Material de Construção), na FEICON 2019

Contato: feicon@reedalcantara.com.br

Jornalista responsável: Altair Santos MTB 2330


Massa Cinzenta

Cooperação na forma de informação. Toda semana conteúdos novos para você ficar por dentro do mundo da construção civil.

Veja todos os Conteúdos

Cimento Certo

Conheça os 5 tipos de cimento Itambé e a melhor indicação de uso para argamassa e concreto.Use nosso aplicativo para comparar e escolher o cimento certo para sua obra ou produto.

Cimento Portland pozolânico resistente a sulfatos – CP IV-32 RS

Baixo calor de hidratação, bastante utilizado com agregados reativos e tem ótima resistência a meios agressivos.

Cimento Portland composto com fíler – CP II-F-32

Com diversas possibilidades de aplicações, o Cimento Portland composto com fíler é um dos mais utilizados no Brasil.

Cimento Portland composto com fíler – CP II-F-40

Desempenho superior em diversas aplicações, com adição de fíler calcário. Disponível somente a granel.

Cimento Portland de alta resistência inicial – CP V-ARI

O Cimento Portland de alta resistência inicial tem alto grau de finura e menor teor de fíler em sua composição.

descubra o cimento certo

Cimento Certo

Conheça os 5 tipos de cimento Itambé e a melhor indicação de uso para argamassa e concreto.Use nosso aplicativo para comparar e escolher o cimento certo para sua obra ou produto.

descubra o cimento certo