Brasil se insere em pesquisas de ponta sobre concreto

Laboratório Sirius permite estudos com luz síncrotron e possibilita desvendar nanoestruturas de materiais cimentícios

Brasil se insere em pesquisas de ponta sobre concreto

Brasil se insere em pesquisas de ponta sobre concreto 1024 685 Cimento Itambé
Paulo Monteiro no Congresso Brasileiro do Concreto, em Fortaleza-CE: convocando o IBRACON a liderar a nova fronteira de pesquisas sobre materiais cimentícios no Brasil Crédito: Facebook/IBRACON

Paulo Monteiro no Congresso Brasileiro do Concreto, em Fortaleza-CE: convocando o IBRACON a liderar a nova fronteira de pesquisas sobre materiais cimentícios no Brasil
Crédito: Facebook/IBRACON

Professor-titular do departamento de engenharia civil da Universidade da Califórnia-Berkeley (UCB), nos Estados Unidos, o brasileiro Paulo José Melaragno Monteiro foi um dos conferencistas convidados da 61ª edição do Congresso Brasileiro do Concreto, promovido anualmente pelo IBRACON (Instituto Brasileiro do Concreto), e que aconteceu de 15 a 18 de outubro,em Fortaleza-CE. Coautor de um best-seller da engenharia, “Concreto: microestrutura, propriedades e materiais”, em parceria com o professor Kumar Mehta, Paulo Monteiro disse em sua palestra que o Brasil tem uma grande oportunidade de se inserir em pesquisas de ponta sobre o concreto.

Para o pesquisador, que há mais de uma década lidera estudos sobre as nanoestruturas de compósitos cimentícios, o motivo da afirmação está relacionado à recente inauguração do laboratório Sirius – único na América Latina capaz de promover pesquisas com luz síncrotron -, em Campinas-SP. O equipamento permitirá que o país realize pesquisas semelhantes às que já ocorrem em outras nações, além de possibilitar o estreitamento de parcerias com outros centros avançados. “Inclusive lancei o desafio ao IBRACON para que ele lidere essas novas linhas de pesquisa no Brasil”, afirma Paulo Monteiro, que em Berkeley comanda um grupo de pesquisa que usa a luz síncrotron para realizar tomografias tridimensionais de microestruturas de concreto.

Nanotecnologia em breve andará de mãos dadas com a indústria do concreto

No Laboratório Sirius, a luz síncrotron permite que sejam tirados raios-x de alta definição, e que desvendam até a bilionésima parte dos materiais. Isso abre caminho para investigações minuciosas das nanoestruturas do concreto. Segundo Paulo Monteiro, o resultado prático de pesquisas dessa envergadura é que será possível chegar a concretos mais resistentes. “Estamos fazendo novas descobertas sobre a natureza complexa desses compósitos e isso vai nos levar ao aperfeiçoamento desses materiais”, diz o pesquisador, para quem a nanotecnologia em breve andará de mãos dadas com a indústria do concreto. “A nanotecnologia possibilita trabalhar com mais agilidade na busca por materiais mais resistentes”, completa.   

O conteúdo da palestra concedida no 61º Congresso Brasileiro do Concreto é o mesmo que Paulo Monteiro tem proferido em vários outros países: ​​”Caracterização de materiais cimentícios usando radiação síncrotron de raios-X: o que sabemos, o que não sabemos e o que queremos saber”. Ele explica que, ao procurar evoluir a estrutura dos materiais, a indústria da construção civil persegue os bons resultados que outros setores já obtiveram. O uso de fontes de luz síncrotron já beneficiou inúmeros produtos e componentes – desde fraldas para bebês a turbinas para aeronaves, passando por baterias mais duráveis, resistentes e baratas para carros elétricos, celulares e notebooks. A agricultura é outro segmento que obtém avanços com esse tipo de pesquisa. A radiação síncrotron tem sido usada para desenvolver fertilizantes menos prejudiciais ao meio ambiente e à saúde, além de realçar determinados nutrientes em espécies vegetais. 

Entrevistado
Reportagem com base na palestra do professor-doutor Paulo José Melaragno Monteiro, na 61ª edição do Congresso Brasileiro do Concreto, promovido pelo IBRACON

Contatos
monteiro@berkeley.edu
office@ibracon.org.br

Jornalista responsável: Altair Santos MTB 2330

VEJA TAMBÉM NO MASSA CINZENTA

MANTENHA-SE ATUALIZADO COM O MERCADO

Cadastre-se no Massa Cinzenta e receba o informativo semanal sobre o mercado da construção civil