Arquiteta romena inova ao criar estruturas de concreto

Moldes têxteis são transformados em fôrmas para peças concretadas in loco, substituindo a madeira e o metal

Arquiteta romena inova ao criar estruturas de concreto

Arquiteta romena inova ao criar estruturas de concreto 1024 576 Cimento Itambé
Mariana Popescu observa molde de tecido usado para produzir estrutura que está no Museu Universitário de Arte Contemporânea, na Cidade do México Crédito: Maria Verhulst

Mariana Popescu observa molde de tecido usado para produzir estrutura que está no Museu Universitário de Arte Contemporânea, na Cidade do México
Crédito: Maria Verhulst

A arquiteta romena Mariana Popescu foi incluída na lista dos 35 jovens inovadores do MIT (Massachusetts Institute of Technology) – edição 2019. Com bacharelado, mestrado e doutorado na Universidade de Tecnologia de Delft, na Holanda, Popescu trabalhou na pesquisa que ela intitulou de “KnitCrete: cofragem de tecido tricotado para estruturas complexas de concreto” (do inglês, “KnitCrete: Stay-in-place knitted fabric formwork for complex concrete structures”). A inovação está no fato de que as estruturas criadas pela arquiteta dispensam fôrmas convencionais, podem ser curvas ou retas e permitem ser construídas em poucas horas, e em qualquer local.

Popescu desenvolveu algoritmos que convertem automaticamente o projeto de uma estrutura em um molde têxtil que pode ser tricotado por máquinas industriais em poucas horas. A arquiteta e sua equipe também desenvolveram um sistema que utiliza cabos de aço para manter o molde na posição correta, enquanto o concreto é derramado dentro dele. “O que fiz foi olhar para um suéter e ver que os materiais têxteis são perfeitos para fazer uma grande variedade de formas 3D. Já a construção tradicional utiliza madeira e outros materiais para construir fôrmas e despejar concreto. Isso limita as construções contemporâneas”, diz a arquiteta.

Sob o ponto de vista da praticidade, a criação da jovem romena é avaliada pelos pesquisadores do MIT como uma solução para projetos sob medida, que possa atender campos de refugiados, zonas de guerra e locais de desastres naturais, ou seja, para erguer estruturas que precisem de construção rápida. A invenção tem servido também para viabilizar obras de arte gigantes. Como a que homenageia o arquiteto espanhol-mexicano Félix Candela Outeriño, no Museu Universitário de Arte Contemporânea (MUAC), na Cidade do México. A peça mede pouco mais de 4 metros de altura, tem quase 6 metros de largura e pesa cerca de 5 toneladas.

Estruturas moldadas em tecido podem diminuir custo da industrialização de pré-fabricados

Batizada de “KnitCandela”, a obra de arte serviu como apresentação da tecnologia desenvolvida por Mariana Popescu. A malha foi fabricada em um tear na Suíça e transportada até o México. O tecido levou 26 horas para ficar pronto. No museu, foi esticado no formato estabelecido em projeto e depois revestido por uma mistura de cimento e água. Após o endurecimento, foi preenchido com concreto autoadensável reforçado com fibras. “Quando a arquitetura pede estruturas com geometrias complicadas, essa tecnologia é uma alternativa”, avalia a romena. 

Popescu lembra ainda que estruturas moldadas através de malhas de tecidos podem ajudar a diminuir o custo da pré-fabricação industrializada do concreto. “As fôrmas para moldar o concreto só se justificam se elas forem usadas para uma grande quantidade de peças. Para elementos sob medida, normalmente se produz uma fôrma e depois ela deixa de ser reutilizada. Isso representa uma porcentagem grande no preço da estrutura. Além disso, produzir uma fôrma para projetos exclusivos e complexos também leva tempo. Com o KnitCrete surge uma solução mais rápida e com um custo bem menor”, finaliza a arquiteta.

Veja vídeo sobre como foi produzida a peça que está no Museu Universitário de Arte Contemporânea, na Cidade do México

Entrevistada
Arquiteta e doutora em materiais, Mariana Popescu, que liderou a pesquisa para a criação do KnitCrete

Contato: mariana.popescu@arch.ethz.ch

VEJA TAMBÉM NO MASSA CINZENTA

MANTENHA-SE ATUALIZADO COM O MERCADO

Cadastre-se no Massa Cinzenta e receba o informativo semanal sobre o mercado da construção civil