Sistema Construtivo Concreto Leve Polimerizado

Sistema Construtivo Concreto Leve Polimerizado

Sistema Construtivo Concreto Leve Polimerizado 150 150 Cimento Itambé

Incorporação de microbolhas de ar ao concreto garante isolamento térmico e maior volume 

Por: Michel Mello

A utilização do SCCPL é indicada para a construção de casas populares

O Sistema Construtivo Concreto Leve Polimerizado (SCCLP) é indicado para a produção de habitações populares, pois concentra alto desempenho e custos bastante competitivos em um mesmo empreendimento. Além disso, sua utilização permite tempo recorde de construção visto que pode ser construída uma casa por dia através de um jogo de forma, tendo 80% da mão de obra não especializada. Para isso, é necessário, apenas, treinar uma equipe para montagem das formas. A fundação pode ser tipo “RADIER”, de sapata corrida ou outro tipo qualquer de fundação

Esse sistema se caracteriza como uma linha de produção montada no canteiro de obras. Tem como princípio básico a utilização do concreto leve para moldagem in loco na construção de todas as paredes de uma só vez, utilizando uma forma modular. Podem ser inseridas durante a execução das partes: hidráulica, elétrica, armaduras e esquadrias

Após desenformar as paredes, estas já estão alinhadas, prumadas e rebocadas. Faltando apenas a estucagem. Depois disso, a casa está pronta para receber a pintura e cobertura do telhado e o acabamento. O SCCLP moldado in loco promove redução de até 20% no custo final da obra, comparado com os sistemas construtivos convencionais. 

Minha Casa, Minha Vida 

O concreto leve polimerizado é ideal para ser empregado em programas de habitação, como o Programa Minha Casa, Minha Vida (PMCMV), do governo federal, ou ainda em cooperativas ou em grandes projetos imobiliários. Ele substitui com muitas vantagens os sistemas construtivos convencionais. Também pode ser empregado como fechamento de vãos e, ainda, ser combinado a estruturas de aço ou outros tipos de sistemas de pré-fabricados

Concreto leve 

O Concreto Leve Polimerizado está patenteado sob número MU 7801176-0. Sua composição é obtida a partir de uma mistura de agregados inertes (pedra e areia), cimento Portland, água e do Polímero METAPOP®, que foi especialmente desenvolvido para esta finalidade.
Esse polímero é adicionado diretamente no equipamento de baixa rotação (betoneira, caminhão-betoneira ou bomba processadora de concreto) que, sob agitação, incorpora micropartículas de ar ao concreto, tornando-o mais leve e resistente. 

Yukiharu Takaki

 

Para o engenheiro, Yukiharu Takaki, da Construpor, “a partir da adição deste polímero, que é um incorporador e fluidificador, à massa universal, obtém-se as microbolhas de ar. Assim, conseguimos maior volume de concreto, mais leve e menos dilatado”. 

O engenheiro destaca ainda que “podemos obter um concreto melhor, com maior volume, sem o problema das fissuras e já de acordo com as especificações da NBR 15.575, a Norma de Desempenho. Entre as várias tecnologias e sistemas construtivos, este apresenta as vantagens dos sistemas pré-fabricados in loco, com as características do método construtivo tradicional”. 

Sequência do SCCLP 

Fundação: radier ou convencional.
– Montagem das formas;
– Colocação dos kits de hidráulica;
– Colocação das armaduras treliça zincada;
Concretagem. 

Entrevistado
Yukiharu Takaki

Currículo
– Engenharia Civil pela Universidade de São Paulo (USP).
– Sócio proprietário da Construpor Ltda.
Contato: construpor@construpor.com 

Jornalista responsável: Silvia Elmor – MTB 4417/18/57 – Vogg Branded Content
VEJA TAMBÉM NO MASSA CINZENTA

MANTENHA-SE ATUALIZADO COM O MERCADO

Cadastre-se no e receba o informativo semanal sobre o mercado da construção civil