Cimento Itambé

Portal Itambé
Ligue-nos

Projeto maranhense é nº 1 da arquitetura nacional

Gestão, Inovação, Mercado da Construção, Obras Inovadoras 13 de novembro de 2013

Complexo administrativo a ser construído em São Luís superou 1.643 trabalhos, inscritos na 10ª edição do Grande Prêmio de Arquitetura Corporativa

Por: Altair Santos

O Grande Prêmio de Arquitetura Corporativa é considerado uma espécie de Oscar para o setor. Dividido em dez categorias, o principal projeto eleito é contemplado com o título de “master da arquitetura”. Em 2013, quem obteve esta conquista foi o Complexo Administrativo do Estado do Maranhão. Projetado pelo arquiteto Domingos Brito, de São Luís-MA, a criação propõe um novo centro cívico para a capital maranhense – São Luís. A ideia é articular, por meio de uma praça cívica, uma série de edifícios públicos, interligando-os ao centro histórico da cidade, tombado como patrimônio da humanidade, e à chamada cidade nova.

Complexo administrativo do Maranhão: projeto equilibra obras novas com retrofit.

O complexo maranhense concorreu com outros 1.643 projetos de todo o Brasil e, além da concepção arquitônica, as propostas para sua construção também contribuíram para que ganhasse o prêmio. “O sistema construtivo adotado buscou conciliar necessidades de redução de custos, rapidez de execução e flexibilidade máxima para os planos de trabalho. Para tanto, toda a estrutura concentra-se em peças pré-fabricadas”, explica Arthur de Mattos Casas. O uso de concreto aparente nas fachadas dos edifícios também prevalece no layout do projeto vencedor da 10ª edição do Grande Prêmio de Arquitetura Corporativa.

Outra característica do novo centro cívico a ser construído em São Luís é que ele propõe também o retrofit de edifícios já existentes no local: o atual complexo administrativo e a Fábrica São Luís, que será restaurada para receber a Câmara  Municipal de São Luís. “A necessidade de manter as edificações já construídas pautaram a definição do partido arquitetônico. Propusemos um desenho que, ao mesmo tempo, conectasse o conjunto a ser edificado, gerando vazios em harmonia com o pré-existente. Foi o desafio que teve que ser superado”, define o arquiteto Domingos Brito.

O projeto levou em consideração a característica bioclimática da capital maranhense. Por São Luís estar em uma das regiões mais quentes do país, houve uma preocupação especial com a questão térmica. Neste quesito, mais uma vez o projeto de retrofit  manteve  como base à proteção da insolação ambiental para o interior dos edifícios. “Procurou-se encontrar equilíbrio entre transparência e proteção térmica. Propusemos, assim, uma sequência de brises verticais em painéis de alumínio e vidro e placas fotovoltaicas, para aproveitamento da energia solar. A solução não só responde a nossos anseios quanto à auto-sustentabilidade, como unifica e da a plástica arquitetônica necessária para a integração da área externa e interna do complexo administrativo.”

Além do prêmio master, o Grande Prêmio de Arquitetura Corporativa também elege projetos vencedores nas seguintes categorias: estudantes, que envolve as escolas de arquitetura e urbanismo do país; esportivo, comercial, shopping centers, educação, obras públicas, green building, hotelaria, retrofit e indústria. Em cada uma destas categorias, os vencedores nacionais foram:

Estudante
Edifício Urban, São Paulo-SP – Giovanne Mafra
Esportivo
Centro Pan-americano de Judô, Lauro Freitas-BA – Effect Arquitetura
Comercial
Torre de Broadcasting, Rio de Janeiro-RJ – Daniel Gusmão Arquitetos Associados
Shopping Center
Parque Shopping Maceió, Maceió-AL – AFA-André Sá e Francisco Mota Arquitetos
Educação
Nova Ambiência de Gerência de Pessoas do Banco do Brasil, Brasília-DF – Associação dos Engenheiros e Arquitetos do Banco do Brasil
Obras públicas
Complexo Administrativo do Estado do Maranhão, São Luís-MA – Domingos Brito Arquitetura
Green Building
CasaE Basf, São Paulo-SP – Athié-Wohnrath
Hotelaria
Parque Mariana Hotel Ponta do Coral, Florianópolis-SC – Doria Lopes Fiuza Arquitetos Associados
Retrofit
Hospital Samaritano, Rio de Janeiro-RJ – Amil Projetos
Indústria
Nova fábrica da Unilever, Aguaí-SP – GCP Arquitetos

Já a Domingos Brito Arquitetura também é vencedora de outras edições do Grande Prêmio de Arquitetura Corporativa. Em 2005, ganhou com o projeto do hotel predial American Flat Residence; em 2006, com o hospital da Unimed, em São Luís, e o residencial predial Two Tower Residence; em 2007, Franere Hotel Design; em 2008, condomínio Pestana Beach; em 2010, condomínio Quintas das Flores; em 2011, Câmara Municipal de São Luís, e em 2013, complexo administrativo do Estado do Maranhão.

Entrevistado
Arquiteto Domingos Brito,  diretor da Domingos Brito Arquitetura
Contato
dbrito@elo.com.br
www.domingosbritoarquitetura.com

Crédito foto: Divulgação

Jornalista responsável: Altair Santos MTB 2330


Leia também: