Cimento Itambé

Portal Itambé
Ligue-nos

Nova revisão da ABNT NBR 12655 busca consenso

Área Técnica, Normas, Sobre Cimento 13 de agosto de 2013

Setor trabalha na elaboração de texto-base para consulta pública, mas alguns pontos ainda precisam ser melhor debatidos pelo meio técnico

Por: Altair Santos

Junto com a ABNT NBR 6118 – Projeto de estruturas de concreto – Procedimento – e a ABNT NBR 14931 – Execução de estruturas de concreto – Procedimento -, a ABNT NBR 12655Concreto de cimento Portland – Preparo, controle e recebimento – forma a trilogia das chamadas normas-mães do material produzido no Brasil. Criada em 1992, a NBR 12655 já foi revisada em 1996 e em 2006. Recentemente, entrou em novo processo de revisão.

Cláudio Sbrighi Neto, coordenador da comissão de estudos da revisão da NBR 12655: reuniões sucessivas.

No centro dos debates está a questão sobre a possibilidade de o concreto poder receber adições pozolânicas disponíveis no mercado e que atendam a norma NBR 12653 – Materiais pozolânicos – Requisitos. No universo acadêmico, esses materiais já foram pesquisados, mas o mercado ainda está receoso em aceitá-los. A nova revisão da NBR 12655 dirá se eles afetam a qualidade do concreto e se podem ser usados com segurança na preparação do produto.

Segundo o coordenador da comissão de estudos da revisão da NBR 12655, o geólogo Cláudio Sbrighi Neto, que também já foi protagonista nas revisões anteriores da norma, ainda não há consenso sobre os pontos que precisam ser alterados. “Até a consulta pública, não serão divulgadas informações precipitadas, pois o meio técnico ainda não chegou a um consenso sobre alguns pontos. Ainda é preciso elaborar o texto-base para a consulta pública”, explica.

É natural a restrição de informações nesta fase da revisão, haja vista que mudanças em normas-mães costumam levar a um amplo espectro de discussões. Para se ter um exemplo, a revisão anterior da NBR 12655 envolveu 120 especialistas. O texto aprovado tratou de estruturas moldadas in loco, estruturas pré-moldadas e peças estruturais pré-fabricadas e levou mais de um ano até que entrasse em vigor.

A expectativa é que os debates em torno da revisão da NBR 12655 só se intensifiquem a partir do 55º Congresso Brasileiro do Concreto, promovido anualmente pelo Ibracon (Instituto Brasileiro do Concreto) e que acontecerá de 29 de outubro a 1º de novembro em Gramado-RS. Até lá, é possível que o texto-base da revisão já tenha sido redigido.

Enquanto isso, as reuniões que debatem a norma seguem programadas. O próximo encontro da CE-18:300.01 – Comissão de Estudo de Controle da Qualidade do Concreto – acontece dia 27 de agosto, das 14h às 16h, na sede da Associação Brasileira de Cimento Portland (ABCP) em São Paulo-SP.

Entrevistado
Cláudio Sbrighi Neto, coordenador da comissão de estudos da revisão da NBR 12655
Currículo
– Cláudio Sbrighi é graduado em geologia pela USP (1970), com mestrado em engenharia civil pelo Laboratório Nacional de Engenharia Civil (1975) e doutorado em engenharia civil pela Escola Politécnica da USP (1993)
– É diretor do Ibracon (Instituto Brasileiro do Concreto) e professor-doutor titular da FAAP (Fundação Armando Álvares Penteado)
– Ocupa o cargo de diretor da CPTI (Cooperativa de Serviços e Pesquisas Tecnológicas e Industriais)
Contato: csbrighi@yahoo.com
Créditos foto: Divulgação autorizada

Jornalista responsável: Altair Santos – MTB 2330


Leia também: