Cimento Itambé

Portal Itambé
Ligue-nos

Holanda quer construir o 1º aeroporto circular do mundo

Área Técnica, Gestão, Gestão de Obras, Grandes Obras, Inovação, Novas Tecnologias, Obras Inovadoras 19 de abril de 2017

Engenheiros do projeto “Endless Runway” avaliam que até 2050 será possível viabilizar a primeira obra com essas características

Por: Altair Santos

O tráfego aéreo na Europa duplica a cada 15 anos. Pensando em como tornar os aeroportos preparados para suportar cada vez mais decolagens e aterrissagens, cinco centros aeroespaciais se uniram em torno do projeto batizado de “Endless Runway” (pista sem fim). O objetivo é construir o primeiro aeroporto com pista circular do mundo. O país escolhido para a obra inovadora é a Holanda.

Segundo os projetistas, aeroporto com pista circular permite decolagens e aterrissagens simultâneas

Segundo os projetistas, aeroporto com pista circular permite decolagens e aterrissagens simultâneas

Estão à frente dos estudos de viabilidade técnica o Laboratório Nacional Aeroespacial da Holanda (National Aerospace Laboratory (NLR)), o Centro Aeroespacial Alemão (Deutsche Zentrum für Luft- und Raumfahrt (DLR)), o Laboratório Francês Aeroespacial (Le centre français de recherche aérospatiale (ONERA)), o Instituto Nacional Aeroespacial da Espanha (Instituto Nacional de Tecnica Aeroespacial (INTA)) e o Instituto de Aviação da Polônia (Instytutu Lotnictwa (ILOT)).

Estudos mostram que o formato da pista em círculo possibilita aumentar o número de pousos e decolagens em até três vezes, em relação a um aeroporto convencional. Além disso, os projetistas garantem que a pista circular permite que as aeronaves decolem ou aterrissem sempre com condições ideais de vento. “O vento cruzado é um dos principais inimigos da aviação comercial e neste tipo de pista ele simplesmente é anulado, pois permite que a torre de comando oriente o piloto sobre o ponto certo da pista que ele deve escolher para aterrissar”, diz o porta-voz Henk Hesselin.

O projeto prevê a construção de uma pista circular com diâmetro de 3,5 quilômetros, e extensão de 10 quilômetros, além de 140 metros de largura. Está programada ainda uma inclinação para que o piloto – principalmente ao pousar – tenha a sensação de “reta infinita”, o que facilita as manobras aéreas. “Os testes em simuladores demonstram que é possível uma pista circular favorecer operações do tráfego aéreo em aeroportos. Porém, teremos respostas mais realistas a partir dos ensaios de segurança que estamos iniciando este ano”, afirma Henk Hesselin.

Consumo maior de concreto
Os pesquisadores que trabalham no projeto estimam que o primeiro aeroporto com essas características deverá entrar em operação em 2050. A ideia foi concebida em 2013 e há quatro anos está em desenvolvimento. “Os custos para a construção do aeroporto serão maiores do que para construir um aeroporto convencional. Também haverá um maior consumo de concreto. Estimamos que o aeroporto com pista circular fique 1,5 mais caro que o custo para construir um aeroporto convencional com 4 pistas e adequado para receber qualquer modelo de aeronave atualmente existente no mercado”, comenta Henk Hesselin.

Em termos de área construída, o pesquisador do Laboratório Nacional Aeroespacial da Holanda afirma que o novo conceito de aeroporto equivale ao de um terminal internacional como o de Frankfurt, na Alemanha, que tem três pistas com extensão de 4 quilômetros e uma com 2,8 quilômetros. “A vantagem do Endless Runway em relação aos terminais convencionais é que dá para desviar as rotas das áreas com maior concentração populacional. Outro ponto positivo é que o tempo de sobrevoo das aeronaves no entorno do aeroporto será bem menor”, finaliza Henk Hesselin.

Veja vídeo sobre o projeto Endless Runway:

Entrevistado
Henk Hesselin, engenheiro sênior de P&D (Pesquisa e Desenvolvimento) do Laboratório Nacional Aeroespacial da Holanda

Contatos
info@nlr.nl
http://www.endlessrunway-project.eu/

Crédito Foto: Endless Runway

Jornalista responsável: Altair Santos MTB 2330


Leia também:

1 Comentário