Congresso prepara setor para concessões de rodovias

Brazil Road Expo terá debates entre poder público e setor privado, além de seminários voltados a difundir novas tecnologias para a construção de estradas.

Brazil Road Expo terá debates entre poder público e área privada, além de seminários voltados a difundir novas tecnologias para a construção de estradas

Por: Altair Santos

No começo de fevereiro de 2013, o governo federal divulgou novas regras para atrair capital privado à infraestrutura rodoviária do país. O plano de concessões permite 30 anos de exploração das estradas, através de pedágio, amplia o financiamento de linhas de crédito para até 25 anos e dá prazo de carência de 5 anos para as empresas que forem captar recursos no BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico), no Banco do Brasil ou na Caixa Econômica Federal. São medidas com as quais espera-se que, finalmente, as concessões de rodovias decolem. O termômetro para medir se o poder público e as empresas começam a falar a mesma língua será o Brazil Road Expo, que acontece de 19 a 21 de março, em São Paulo.

Guilherme Ramos: concreto vai dominar seminário sobre pontes.

O evento atrairá a administração pública para debater soluções que modernizem a malha rodoviária nacional. Por isso, paralelo à feira, ocorrerá o II Fórum Nacional de Investimentos em Rodovias, e que contará com a presença de autoridades do setor, como Marcelo Perrupato (Secretário de Políticas Especiais de Transportes, do ministério dos Transportes) José Alberto Pereira Ribeiro (presidente da Associação Nacional de Obras Rodoviárias – ANEOR) e Jorge Fraxe (diretor-geral do Dnit). “O envolvimento de toda a esfera da administração pública gera um efeito positivo nos players dos segmentos interessados em ver o país dar um salto de qualidade em suas rodovias“, diz Guilherme Ramos, diretor da Brazil Road Expo.

Nos três dias do evento, além da feira que mostrará novas tecnologias e equipamentos voltados à construção de rodovias, ocorrerá o Brazil Road Summit – congresso que debaterá as melhores práticas construtivas para o setor. A exemplo do que já ocorreu nas duas edições anteriores (2011 e 2012) as obras em concreto terão espaço relevante no encontro. “Neste ano, teremos um seminário sobre pontes, que abordará os principais assuntos do segmento, desde o projeto até o monitoramento das obras de arte”, explica Guilherme Ramos. Entre os palestrantes deste seminário, estarão o presidente do Ibracon (Instituto Brasileiro do Concreto) Túlio Nogueira Bittencourt e o consultor espanhol Hugo Corres, da FHECOR Ingenieros Consultores.

Brazil Road Expo: entre feira e seminários, evento deve atrair 12 mil especialistas em construção de rodovias.

A expectativa dos organizadores do Brazil Road Expo é que o evento atraia 12 mil profissionais da área e gere cerca de R$ 500 milhões em negócios. Estima-se que boa parte dos equipamentos vendidos na feira atendam a chamada linha amarela – máquinas para construção de rodovias, como pavimentadoras, retroescavadeiras e motoniveladoras. O setor prevê crescimento nas vendas de 12,5% em 2013, já preparando-se para futuras obras em rodovias federais. A expectativa é que os primeiros leilões atendam trechos da BR-101 (Bahia), da BR-262 (Belo Horizonte-MG – Vitória-ES), das BRs 163, 262 e 267 (Mato Grosso e Mato Grosso do Sul) e das BRs 060 e 153 (Brasília, Goiás e Tocantins).

Saiba mais sobre o Brazil Road Expo: clique aqui.

 

Entrevistado
Guilherme Ramos, diretor da Brazil Road Expo
Currículo
– Guilherme Ramos é graduado em engenharia civil pela Universidade Presbiteriana Mackenzie (2002) e diretor da Quartier Feiras, desde 2010
Contato: imprensa@brazilroadexpo.com.br
Créditos fotos: Divulgação

Jornalista responsável: Altair Santos – MTB 2330


Massa Cinzenta

Cooperação na forma de informação. Toda semana conteúdos novos para você ficar por dentro do mundo da construção civil.

Veja todos os Conteúdos

Cimento Certo

Conheça os 5 tipos de cimento Itambé e a melhor indicação de uso para argamassa e concreto.Use nosso aplicativo para comparar e escolher o cimento certo para sua obra ou produto.

Cimento Portland pozolânico resistente a sulfatos

Baixo calor de hidratação, bastante utilizado com agregados reativos e tem ótima resistência a meios agressivos.

Cimento Portland composto com fíler

Com diversas possibilidades de aplicações, o Cimento Portland composto com fíler é um dos mais utilizados no Brasil.

Cimento Portland composto com fíler

Desempenho superior em diversas aplicações, com adição de fíler calcário. Disponível somente a granel.

Cimento Portland de alta resistência inicial

O Cimento Portland de alta resistência inicial tem alto grau de finura e menor teor de fíler em sua composição.

descubra o cimento certo

Cimento Certo

Conheça os 5 tipos de cimento Itambé e a melhor indicação de uso para argamassa e concreto.Use nosso aplicativo para comparar e escolher o cimento certo para sua obra ou produto.

descubra o cimento certo