Segurança empresarial é blindagem contra corrupção

Olga Pontes: ideal é que companhias desenvolvam políticas de boa conduta

Segurança empresarial é blindagem contra corrupção

Segurança empresarial é blindagem contra corrupção 1024 682 Cimento Itambé

Em fórum da Federação das Indústrias do Paraná, especialistas apontam caminhos para que setores como a construção civil evitem processos ilegais

Por: Altair Santos

A partir de fevereiro de 2014 entra em vigor a lei federal 12.846, mais conhecida como Lei Anticorrupção. No que tange às empresas, a nova legislação impõe a elas uma responsabilidade objetiva. Por um lado, as incentiva a adotar procedimentos de governança corporativa, como compliance (agir de acordo com normas legais e evitar desvios); por outro, as submete a penas pesadas caso fique comprovado que se envolveram em malfeitos com agentes públicos. “Para se ter uma ideia, o teto da multa pode chegar a 20% do faturamento total da empresa”, alerta o presidente da Fiep (Federação das Indústrias do Paraná) Edson Campagnolo, que no começo de novembro de 2013 promoveu  o Fórum Transparência e Competitividade.

Olga Pontes: ideal é que companhias desenvolvam políticas de boa conduta

Olga Pontes, que também esteve no Fórum Transparência e Competitividade, destacou que corporações que atuam constantemente em licitações públicas, e que prestam serviço ao Estado, precisam desenvolver métodos de segurança empresarial. A especialista, que há 16 anos atua em auditoria, compliance, gestão de riscos e governança, afirma que companhias que adotam um conjunto de ações contra procedimentos que desembocam na corrupção conseguem se blindar melhor contra o que é ilegal.”Quais são essas políticas internas? São as calçadas em boas práticas, que mantêm foco constante nas áreas de risco, que comunicam a transparência internamente, que conhecem os parceiros, tanto fornecedores quanto clientes, e que possuem um bom nível de informação”, revela.

Entrevistada
Olga Pontes, graduada em Tecnologia da Informação e com ampla experiência em auditoria, compliance, gestão de riscos e governança. Atualmente é Chefe Global de Segurança Empresarial da Braskem S.A.

Contatos
www.braskem.com.br/site.aspx/Governanca-Corporativa

Créditos fotos: Divulgação/Agência Fiep

Jornalista responsável: Altair Santos MTB 2330
VEJA TAMBÉM NO MASSA CINZENTA

MANTENHA-SE ATUALIZADO COM O MERCADO

Cadastre-se no e receba o informativo semanal sobre o mercado da construção civil