Projetos de estádios brasileiros inspiram a Rússia

Estádio Nizhny Novgorod: arquitetura semelhante ao Mané Garrincha, de Brasília

Projetos de estádios brasileiros inspiram a Rússia

Projetos de estádios brasileiros inspiram a Rússia 800 343 Cimento Itambé

País-sede da Copa do Mundo de 2018 tem quatro planos arquitetônicos muito parecidos com as estruturas erguidas para as disputas do mundial de 2014

Por: Altair Santos

Não é apenas no número de estádios que a Rússia se assemelha ao Brasil na organização da Copa do Mundo. O país será a sede do torneio de 2018 e irá concentrar as partidas em 12 praças esportivas. Destas, quatro têm projetos arquitetônicos muito parecidos com as estruturas erguidas para o mundial de 2014. Um exemplo é o Nizhny Novgorod, quase uma cópia fiel do Mané Garrincha, em Brasília. Idem para a Sinara Arena, em Ecaterimburgo, que lembra a Arena Amazônia, e a Otkytie Arena, com design que se assemelha ao da Arena Pernambuco. Até o Maracanã inspira os russos. O estádio Lujniki, que receberá a final, tem uma arquitetura que segue a do tradicional estádio brasileiro.

Estádio Nizhny Novgorod: arquitetura semelhante ao Mané Garrincha, de Brasília

Além disso, outras copas também servem de referência para projetos russos. Como a da Alemanha, onde a Alianz Arena tem seus conceitos perseguidos pelo estádio de Yubileyniy, em construção na cidade de Saransk. Idem para o estádio olímpico de Fisht, em Sóshi. A obra já está pronta e sediou competições dos jogos olímpicos de inverno disputados em 2014. Sua arquitetura é muito semelhante ao do Sapporo Dome, no Japão, o qual recebeu partidas do mundial de 2002. Foi o primeiro estádio coberto, mas com grama natural, a ser usado em uma Copa do Mundo.

O fato de se inspirar em projetos de estádios de outros países-sede não significa que falta criatividade à arquitetura russa. Pelo contrário. O estádio em construção na cidade de Samara tem linhas futuristas e já é apontado como o mais bonito da Copa de 2018. Outra obra relevante é a que está em construção na cidade de Rostov do Don: a Levberdon Arena. A Rotor Arena, na cidade Volgogrado, também mostra todo o potencial da engenharia russa. Da mesma forma, impressiona o design da Arena Baltika, projetada para a cidade de Kaliningrado. Todas essas praças esportivas têm capacidade entre 44 mil e 47 mil lugares.

Tudo pronto até 2017
Só dois estádios para a Copa do Mundo de 2018 poderão receber mais de 50 mil pessoas: o Lujniki, de Moscou, com capacidade para 84.745 pessoas, e a Zenit Arena, em São Petersburgo, com 69.501 lugares. No caso do Lujniki, ele se assemelha muito ao Maracanã. Inaugurado em 1956, foi reformado para os jogos olímpicos de 1980. Agora, passará por nova modernização, a fim de receber a finalíssima do mundial. O governo russo promete entregar todos os 12 estádios até a Copa das Confederações de 2017.

Dos 12 palcos, três já estão prontos (Otkytie Arena, Kazan Arena e Olímpico de Fisht) e dois ficarão prontos em 2015: Zenit Arena e Levberdon Arena. A Rússia avalia em US$ 6 bilhões (R$ 16,5 bilhões) o custo com estádios. Outros US$ 20 bilhões (R$ 54 bilhões) serão gastos com obras de infraestrutura e mobilidade, sobretudo trens que interligarão as 11 cidades que sediarão os jogos. Estrategicamente, os russos procuraram concentrar a Copa do Mundo na parte europeia do país, a fim de diminuir as distâncias e reduzir despesas.

CONFIRA OS 12 ESTÁDIOS DA COPA NA RÚSSIA
ESTÁDIO CIDADE CAPACIDADE
Lujniki Moscou 84.745 lugares
Otkytie Arena Moscou 2 mil lugares
Zenit Arena São Petersburgo 69.501 lugares
Kazan Arena Kazan 45.105 lugares
Samara Samara 44 mil lugares
Yubileyniy Saransk 44 mil lugares
Levberdon Arena Rostov do Don 5.015 lugares
Olímpico de Fisht Sochi 47.659 lugares
Central Ecatirimburgo 44.130 lugares
Rotor Arena Volgogrado 45 mil lugares
Nizhny Novgorod Níji Novgorod 45 mil lugares
Arena Baltika Kaliningrado 45 mil lugares

 

Crédito Fotos: Divulgação

Jornalista responsável: Altair Santos MTB 2330

Entrevistado
Comitê Russia World Cup e Russian Government
Contato: duty_press@aprf.gov.ru

 

VEJA TAMBÉM NO MASSA CINZENTA

MANTENHA-SE ATUALIZADO COM O MERCADO

Cadastre-se no e receba o informativo semanal sobre o mercado da construção civil