Cimento Itambé

Portal Itambé
Ligue-nos

Mobile Marketing

Comportamento e Carreira, Inovação, Marketing e Vendas, Novas Tecnologias 1 de julho de 2008

Prepare-se para encarar esta nova forma de se comunicar com os clientes

A todo instante as empresas estão descobrindo novas ferramentas e oportunidades em relação às ações de comunicação. Um exemplo é o mobile marketing que já chegou a grandes companhias e agências e vem revolucionando a forma de se fazer marketing direto.

Seja para divulgar as novidades da empresa, realizar promoções ou promover produtos e serviços, este tipo de ação está cada vez mais em evidência no país. Tanto que, em 2007, foi criada a Associação de Marketing Móvel do Brasil (AMMB), cujo objetivo é contribuir com o estabelecimento de regras e padrões, capacitar profissionais, consolidar informações e referências da área, realizar pesquisas, além de estabelecer um padrão ético no mercado.

As empresas que adotaram essa novidade e passaram a oferecer conteúdos de entretenimento, relacionamento e interação através de dispositivos móveis (celulares, palmtops, smartphones etc.), já perceberam o poder de penetração que o mobile marketing tem com os diferentes públicos e estão colhendo os resultados.

Opções

Pesquisas indicam que já existe uma boa aceitação por parte dos consumidores em receber campanhas pelo celular, desde que tenham relevância, ofereçam benefícios concretos e sejam previamente autorizadas por eles.

Por não serem todos os aparelhos que possuem acesso à internet sem fio (wap) e a tecnologia bluetooth, a maioria das campanhas atualmente utiliza mensagens de texto e envio de “brindes”, como toques musicais e papéis de parede para uso no próprio celular. Também são utilizados os “pin codes” – uma espécie de senha, enviada pelo celular, para participação em alguma promoção.

O SMS (Short Messaging Service) permite enviar mensagens de texto curtas (ou torpedos) instantaneamente a telefones celulares e similares, enquanto o MMS (Multimedia Messaging Service) permite o envio de mensagens com sons, imagens e vídeos.

Há também a tecnologia Bluetooth através da qual é possível enviar e receber arquivos sem a necessidade de fios, ou seja, a transmissão é realizada através de ondas de rádio. Entre os benefícios está a distribuição gratuita de conteúdos multimídia (já que não há interferência das operadoras) e a possibilidade de levar a publicidade exatamente onde está o público-alvo.

O Wap (ou site móvel) utiliza a tecnologia da internet sem fio. Neste caso são criadas páginas específicas para serem acessadas por telefones celulares. A chamada terceira geração (3G) da telefonia móvel, que vai permitir o acesso à internet de alta velocidade, deverá ampliar as possibilidades para esse tipo de ação.

Mercado

As primeiras empresas a utilizarem a tecnologia disponível para se relacionar com os consumidores foram as próprias operadoras de telefonia celular. Atualmente, empresas de todos os setores e de todos os portes estão aderindo a esta nova ferramenta.

O mercado deste canal de comunicação interativa tende a crescer ainda mais nos próximos anos. Dados apresentados pela empresa Visiongain Market Research mostram um crescimento nas receitas vindas de ações de mobile marketing: de US$ 255 milhões em 2005 a estimativa é que elas cheguem a US$ 1 bilhão em 2009.

Uma outra pesquisa, realizada pela AirWide Solutions, envolvendo 50 grandes empresas revela que, em 2008, 89% delas irão utilizar mensagem curtas (SMS) e mensagens multimídia (MMS) para alcançar seus clientes. Dentre as empresas consultadas, 40% já desenvolveram campanhas de SMS, enquanto 18% delas investiram em campanhas MMS.

Se por um lado as empresas se mostram dispostas a investir em mobile marketing, do outro os consumidores têm se mostrado receptivos. Uma pesquisa* realizada via mensagens de texto com 554 usuários de telefones celulares residentes na cidade de São Paulo apontou que 66% dos entrevistados acreditam que a propaganda feita por meio de dispositivos móveis tem eficácia quando se pretende divulgar uma marca ou um produto.

*Realizada pelo Instituto QualiBest – especializado em pesquisas online, em parceria com a Ei Movil, focada em marketing e entretenimento interativo.

Benefícios e Precauções

O mobile marketing representa oportunidade, mas sua implantação também exige precaução. Por ser uma ferramenta nova e que evolui rapidamente, tanto os consumidores quanto os profissionais de marketing estão tendo que se adaptar e descobrir os melhores caminhos para que a comunicação via aparelhos móveis flua com naturalidade e seja benéfica para ambos.

A previsão de que o número de aparelhos celulares ativos no país supere 140 milhões em 2008 serve para estimular ainda mais este tipo de ação, por isso recomenda-se cautela e um planejamento adequado para quem deseja investir em uma campanha de mobile marketing.

As principais características e vantagens desta ferramenta estão na inovação e na facilidade de se criar ações segmentadas e personalizadas.

Inovação – Muitos dos clientes que recebem este tipo de mensagem ainda não conhecem este canal de relacionamento da empresa e muitas vezes se surpreendem ao recebê-la. A taxa de leitura é maior do que de um e-mail marketing, por exemplo, por ainda não haver um número significativo de spam (mensagens não autorizadas), e dificilmente um usuário apaga uma mensagem antes de ler.

Personalização – como a mensagem é transmitida diretamente para cada consumidor, é possível personalizá-la de acordo com cada perfil.

Fácil acesso – Por ser um aparelho móvel e de uso pessoal, a mensagem pode ser acessada de qualquer lugar e a qualquer hora, facilitando a exposição da marca em momentos que normalmente o consumidor não teria acesso à propaganda convencional.

Menos invasivo – Evitar atritos comuns em canais de comunicação como Call Center é outro fator positivo de uma ação feita por SMS, por exemplo. Neste caso o cliente poderá ler uma mensagem no celular rapidamente, no momento que achar mais adequado, sem atrapalhar seus afazeres diários.
Imediatismo – Outra vantagem está no tempo de entrega da mensagem, praticamente imediata.

Estímulo – Esse tipo de abordagem também costuma funcionar como estímulo para que os consumidores procurem por mais informações sobre o conteúdo das mensagens.

Como usar o recurso do Mobile Marketing de uma maneira eficaz

· Invista tempo e dedicação em um bom planejamento.

· Utilize os princípios do marketing de permissão (opt-in).

· Respeite a privacidade do seu cliente/consumidor.

· Ofereça algo que atenda aos objetivos do seu negócio, mas que seja interessante e relevante para o seu público.

· Aproveite que você está falando individualmente com cada consumidor e use uma linguagem dirigida.

· Use palavras precisas e persuasivas.

· Inclua as ações de mobile marketing em campanhas maiores, que envolvam outros meios (internet, TV, impressos, etc.).

Dica: Para tirar dúvidas sobre as questões éticas e legais do uso do mobile marketing, consulte o artigo Os aspectos legais do mobile marketing, da advogada Patrícia Peck, publicado no site Webinsider.

Consulte também um Glossário com os principais termos do Mobile Marketing.

Referência:
Créditos: Caroline Veiga



Tags:
Leia também: