Curitiba lidera ranking de cidades-inteligentes no Brasil

Capital do Paraná supera São Paulo-SP na 4ª edição da lista elaborada pela Urban Systems e Connected Smart Cities

Curitiba lidera ranking de cidades-inteligentes no Brasil

Curitiba lidera ranking de cidades-inteligentes no Brasil 800 600 Cimento Itambé
Curitiba tem planos estratégicos que sobrepõe os planos de governo. Crédito: Daniel Castellano/SMCS

Curitiba tem planos estratégicos que sobrepõe os planos de governo. Crédito: Daniel Castellano/SMCS

Entre as cerca de 700 cidades participantes do ranking Connected Smart Cities 2018, Curitiba conquistou o 1° lugar no ranking geral, 2º em empreendedorismo e urbanismo, 3º em tecnologia e inovação e 1º lugar em governança, tornando-se a cidade-inteligente número 1 do Brasil. A capital paranaense foi seguida de São Paulo-SP, Vitória-ES, Campinas-SP e Florianópolis-SC. Na sexta colocação está o Rio de Janeiro-RJ, com Belo Horizonte-MG, Porto Alegre-RS, Santos-SP e Niterói-RJ completando a lista das 10 melhores colocadas no ranking.

Para o presidente da Urban Systems e sócio da plataforma Connected Smart Cities, Thomaz Assumpção, Curitiba assumiu a liderança do ranking Connected Smart Cities por conseguir ser eficiente na conexão dos 11 eixos temáticos, que são: mobilidade, urbanismo, meio ambiente, energia, tecnologia e inovação, economia, educação, saúde, segurança, empreendedorismo e governança. “O resultado alcançado por Curitiba demonstra que a cidade tem planos estratégicos que se sobrepõem aos planos de governo”, avalia.

Curitiba ultrapassou a cidade de São Paulo-SP, que liderou o ranking em 2016 e 2017. A capital paranaense vinha subindo de posição e foi a terceira colocada em 2016 e a segunda em 2017. Segundo Thomaz Assumpção, o investimento em educação e em inovação tem papel decisivo no posicionamento da cidade. “A educação tem uma grande importância no desenvolvimento do empreendedorismo e na busca da sustentabilidade econômica, permitindo que mais atores sejam responsáveis pelo desenvolvimento da cidade”, diz.

Ranking está em sua 4ª edição e coleta dados de organismos governamentais

Durante a premiação, o prefeito de Curitiba, Rafael Greca, afirmou que a prefeitura relançou este ano o Curitiba Tecnoparque, programa de atração de empresas de base tecnológica para a capital, que oferece desconto de 5% para 2% no Imposto Sobre Serviços (ISS) às startups que investem em tecnologia e inovação. “O Tecnoparque é um dos pilares do Vale do Pinhão, sendo um programa estratégico para Curitiba. Em 2017, o Engenho da Inovação, sede do Vale do Pinhão, recebeu mais de 50 eventos voltados à inovação. Como resultado destes esforços, a capital vem subindo ano a ano no ranking Connected Smart Cities”, comemora.

Apesar de Curitiba liderar o ranking, o estado de São Paulo ainda concentra o maior número de cidades-inteligentes, com três municípios entre os 10 mais bem colocados. Destacam-se ainda as cidades de Pirassununga-SP e Barueri-SP. Na região sul, além das três capitais, outras 15 se posicionam no ranking das 100 cidades-inteligentes do país: Blumenau-SC (16º), Maringá-PR (20º), Balneário Camboriú-SC (24º), Joinville-SC (30º), Itajaí-SC (31º), Santa Maria-RS (38º), Cascavel-PR (45º), Pato Branco-PR (66º), Umuarama-PR (67º), Jaraguá do Sul-SC (68º), Chapecó-SC (77º), Canoas-RS (81º), Caxias do Sul-RS (89º), Ponta Grossa (93º) e Toledo-PR (96º).

O ranking Connected Smart Cities foi lançado em 2015 e a metodologia foi desenvolvida a partir do levantamento das principais publicações nacionais e internacionais sobre o tema cidades-inteligentes, conectadas e sustentáveis. Com base nestes estudos, foram elencados 70 indicadores possíveis de se mensurar dentro da realidade brasileira. A coleta de dados se dá em organismos governamentais, como IBGE, ministérios, secretarias e agências reguladoras.

Veja o ranking completo

Entrevistado
Urban Systems
(via assessoria de imprensa)

Contato: imprensa@sators.com.br

Jornalista responsável: Altair Santos MTB 2330
VEJA TAMBÉM NO MASSA CINZENTA

MANTENHA-SE ATUALIZADO COM O MERCADO

Cadastre-se no e receba o informativo semanal sobre o mercado da construção civil