Oscar Alves, do Conselho de Educação: engenheiros estrangeiros têm sido contratados como assistentes técnicos