Cimento Itambé

Portal Itambé
Ligue-nos

Com Anapre, piso de alto desempenho consolida mercado

Área Técnica, Sobre Concreto 16 de julho de 2014

Associação comemora 10 anos em 2014 e cria comitê de inovação para aprimorar setor, que aproxima-se dos 50 milhões de m² construídos

Por: Altair Santos

A Anapre (Associação Nacional de Pisos e Revestimento de Alto Desempenho) está comemorando dez anos. Trata-se de um daqueles casos em que a organização do setor impulsionou a conquista de um mercado e balizou a qualidade dos produtos por ele construído. Em 2000, estimava-se que esse segmento abrangia 24 milhões de m² por ano. Hoje, está próximo de atingir 50 milhões de m².

Júlio Portella Montardo: comitê de inovação vai qualificar ainda mais os associados.

A evolução dos materiais é proporcional a esse avanço. Do cimento queimado que revestia o chão da fábrica, os 65 associados da Anapre produzem atualmente pisos que utilizam desde resinas epoxídicas até uretânicas cimentícias, passando por resinas poliuretânicas e resinas poliaspárticas. São produtos que levaram o revestimento de alto desempenho a marcar presença também em shopping centers e em aeroportos, além de avançar no mercado industrial.

Para o diretor administrativo da Anapre, Júlio Portella Montardo, a evolução não se deu apenas no volume de pisos construídos ou nos materiais empregados. “Houve ainda avanços no detalhamento de projetos, procedimentos executivos, tecnologia de materiais e de equipamentos. Muitos destes foram demandados dos clientes finais que passaram a necessitar de soluções de engenharia cada vez mais sofisticadas”, afirma.

A fim de qualificar ainda mais a indústria de pisos de alto desempenho, a Anapre está criando um comitê de inovação. O objetivo é fomentar pesquisa, atrair o meio acadêmico e buscar troca de experiências internacionais através da participação em feiras, congressos e convênios com entidades de pesquisa. “Haverá um grupo pertencente ao comitê de inovação que será responsável pela divulgação destas inovações junto ao associado e ao mercado”, diz Júlio Portella Montardo.

Mão de obra

Pisos de alto desempenho: revestimentos cada vez mais sofisticados atendem do chão da fábrica a shopping centers.

Há também uma preocupação da Anapre com a qualificação da mão de obra que atua no setor. “Estamos inseridos no mercado da construção civil e padecemos dos mesmos problemas. Parte das atividades do comitê de inovação estará voltada para realização de treinamentos e cursos que busquem elevar a qualificação da mão de obra para execução de pisos de concreto e RAD (Revestimento de Alto Desempenho)”, comenta o diretor administrativo da associação.

Nestes dez anos, a Anapre faz o seguinte balanço do mercado de pisos de concreto no Brasil. “A formalidade técnica evoluiu significativamente. A disponibilidade de novos materiais e equipamentos trouxe uma nova perspectiva ao mercado. Procedimentos executivos foram melhorados ou desenvolvidos para proporcionar maior qualidade ao piso. Além disso, a entrada de empresas de atuação mundial no mercado brasileiro acabou por elevar também o nível de exigência técnica dos pisos de concreto”, resume documento da associação intitulado “O Mercado de Pisos Industriais no Brasil”.

Entrevistado
Engenheiro civil Júlio Portella Montardo, diretor administrativo da Anapre (Associação Nacional de Pisos e Revestimento de Alto Desempenho)
Contato
julio.montardo@neomatex.com.br
www.anapre.org.br

Créditos Fotos: Divulgação/Anapre

Jornalista responsável: Altair Santos MTB 2330


Leia também: