Carregamento na Fábrica

 

Localização

Fábrica Itambé

Rodovia BR 277 Curitiba – Ponta Grossa, km 127

Balsa Nova – Paraná – Brasil

Tel. (041) 3291-2000


Horário de carregamento na fábrica

Para seu planejamento, encontram-se na tabela abaixo os horários de carregamento dos produtos e respectivas modalidades.

Carregamento Tipos de Cimento Horário
Ensacado CP II -F-32
CP II -Z-32
CP IV -32 RS
CP V-ARI
segunda a sábado
Madrugada / Manhã - 04:00 às 11:30
Tarde / Noite - 12h30 às 19h20
Noite / Madrugada - 20h20 às 03:00
Granel CP II-F-32
CP II-F-40
CP II-Z-32
CP IV-32 RS
CP V-ARI
segunda a sábado
Madrugada / Manhã - 04:00 às 11:30
Tarde / Noite - 12h30 às 19h20
Noite / Madrugada - 20h20 às 03:00

Caso tenha alguma dúvida favor ligar para (041) 3291-2166

 

Peso máximo permitido

A resolução 258/07 do CONTRAN – Conselho Nacional de Trânsito, estabelece os limites máximos de pesos brutos dos veículos que trafegam nas rodovias brasileiras. Esta limitação é importante para garantir a durabilidade dos pavimentos, reduzir os custos de manutenção dos veículos e o risco de acidentes nas estradas, entre outras vantagens. Deste modo, a partir de 30 de novembro de 2007, adequamos nosso sistema de recebimento de insumos e expedição de cimento às Normas do CONTRAN. Isto significa que a partir desta data não é possível a saída de caminhões da fábrica da Itambé com carga excedente ao limite. Por motivos operacionais, estabelecemos que o controle será feito pela limitação dos pesos líquidos por tipo de veículo, conforme tabela anexa, para garantir que o peso bruto não seja excedido.

Contamos com sua colaboração para que a programação de cimento, ensacado ou a granel, seja executada em função da capacidade de cada caminhão. Solicitamos também, que os motoristas sejam instruídos para não serem surpreendidos no momento do carregamento. De qualquer forma, podemos orientar os motoristas no setor de expedição da fábrica. Para quaisquer esclarecimentos, favor entrar em contato com o Departamento de Logística, através do telefone (041) 3291-2166, que teremos satisfação em atendê-lo.


Legislações pertinentes ao controle de peso do transporte rodoviário de cargas:


Ensacamento e Expedição

O Sistema de Gerenciamento de Ensacamento e Expedição (SGEE) foi implantado em 1996.

Este sistema consiste em acompanhar online todas as fases de um carregamento de cimento descritas a seguir:

  • O transportador se apresenta para carregar. É cadastrado e recebe um Bip que será acionado quando for a sua vez de carregar.
  • O transportador se apresenta na balança de pesagem onde irá trocar o Bip por um cartão magnético que contém todas as informações de sua carga (tipo de cimento, qual setor de carregamento, quantidade, cliente).
  • O transportador se apresenta no setor destinado ao carregamento onde, através de uma leitora de cartão, iniciará o processo. Caso ele se apresente no setor errado, ao passar pela leitora o carregamento não será iniciado.
  • Concluído o carregamento, o transportador se apresenta novamente à balança onde entrega o cartão magnético e recebe a nota fiscal.

O SGEE possui relatórios que registram todas as fases do carregamento.

Os equipamentos para carregamento de cimento na fábrica são:

Cinco setores de carregamento de cimento a granel, com capacidade de 120 toneladas/hora em cada ponto de carga, sendo:

  • Dois setores de multi-carregamento que carregam qualquer tipo de cimento.
  • Três setores dedicados aos três tipos de cimento de maior expedição.

Duas máquinas de ensacar totalmente automatizadas e com capacidade de 2.400 sacos/hora. As máquinas de ensacar alimentam a paletizadora e 3 autopacs, que são equipamentos que fazem a conformação dos sacos na carroceria do caminhão.

Uma máquina de paletizar com capacidade de 5.000 sacos/hora. O depósito de cimento paletizado permite o armazenamento de 100.000 sacos de 50 Kg.


Procedimento de segurança (EPI’s)

img-epiEPI’s Com o objetivo de minimizar os riscos de acidente dentro da fábrica, a Itambé tem implementado diversas ações de segurança. A intensificação do treinamento dos motoristas antes de iniciarem suas atividades na área fabril e o uso obrigatório de equipamentos de proteção individual, são alguns exemplos destas ações. Os EPI’s – Equipamentos de Proteção Individual, devem ser utilizados por todas as pessoas que tiverem acesso às instalações industriais da Itambé, inclusive os motoristas de transporte de matérias primas e cimento.

Para assegurar o acesso de todos os motoristas à fábrica, a Itambé possui alguns conjuntos de EPI’s que poderão ser emprestados em casos especiais (primeiro carregamento, perda ou esquecimento de algum item). Entretanto, será necessário que cada um tenha seu próprio equipamento de segurança.

Entre os equipamentos de segurança necessários estão calças compridas, camisas com mangas (curta ou longa), calçado fechado, óculos de segurança, luvas (vaqueta ou raspa de couro), capacete e protetor auricular e cinto de segurança. Estes itens podem ser comprados em lojas de material de construção ou lojas especializadas em artigos de segurança.

É obrigatório o uso do cinto de segurança para engatar no dispositivo trava-quedas. Porém este cinto não precisa ser comprado, ele é emprestado pela Logística juntamente com as orientações de uso.


Consulte os prazos de entrega de acordo com o Estado


Os prazos de entrega informados normalmente são experimentados para o atendimento de sua necessidade, porém alguns fatores podem ocasionar atraso:

  • Programação do Cliente com cargas urgentes, ou seja, fora do prazo da nossa tabela;
  • Quebra do veículo (problemas mecânicos);
  • Acidentes com interdição de pista;
  • Interdição de pista face a chuvas, quedas de barreiras, manutenção da pista, manifestações, dentre outros;
  • Problemas de interpretação de documentos fiscais em Postos de Fiscalização e Pesagem;
  • Engarrafamentos devido à entrada e saída de veículos dos grandes centros (ex. Curitiba, Florianópolis, Porto Alegre).

Ao receber uma carga de cimento, sugerimos que proceda da seguinte forma:

GRANEL

  • Ao receber sua carga, conferir os dados da nota fiscal. Após, conferir se o peso recebido está conforme seu pedido;
  • Fazer uma vistoria nos lacres de segurança, conferindo se o número dos lacres são iguais aos descritos no campo de Observação da Nota Fiscal; Ao se verificar lacres danificados ou que os números dos mesmos não são iguais aos descritos no campo de observação da Nota Fiscal, entrar em contato com o departamento de Logística, através do telefone (041) 3291-2166 para que possamos identificar a causa e sanar o problema;
  • Após a descarga, vistoriar dentro do silo para ter certeza de que foi descarregado totalmente a carga;
  • Pesar o caminhão antes e após a descarga, para conferir o peso da carga com o informado na Nota Fiscal;
  • Assinar e carimbar a via de conhecimento de frete, para que o motorista possa ser liberado para seguir viagem.

ENSACADO

  • Ao receber sua carga, conferir os dados da nota fiscal. Após, conferir se a quantidade de sacos recebida está conforme seu pedido;

  • Verificar a existência de sacos danificados. Se houver, comunicar o departamento de Logística, para que possamos identificar a causa e sanar o problema.

  • Assinar e carimbar a via de conhecimento de frete, para que o motorista possa ser liberado para seguir viagem.

Apesar de todas as precauções, pode ser que eventualmente você receba uma carga de cimento com algum problema. Neste caso, sugerimos algumas atitudes a serem tomadas:

  • Primeiro: No momento do recebimento, verificado o desvio, anotar no corpo ou verso do Conhecimento de Frete o problema constatado, a data e quantidade de sacos danificados, e OBRIGATORIAMENTE, solicitar ao motorista que assine a anotação. Sem a referida assinatura, todo o processo perderá a validade. Caso o motorista não queira assinar no verso do conhecimento de frete concordando com a anotação, obtenha a assinatura de duas testemunhas identificando as mesmas com nome legível, e respectivos números de RG e CPF;
  • Segundo: Os sacos danificados devem ser guardados em um local adequado para que possamos, em um próximo carregamento, trazê-los de volta;
  • Terceiro: Contatar o LIGUE CIMENTO ITAMBÉ 0800 41 9002, comunicando a ocorrência.
  • Quarto: Transmitir IMEDIATAMENTE um e-mail para o endereço atendimento@cimentoitambe.com.br  da anotação e do Conhecimento de Frete.
Lembramos que nosso sistema de ensacamento e carregamento é totalmente automatizado e quando há problemas dentro da fábrica o desvio é corrigido imediatamente. Portanto, a maioria dos problemas ocorrem durante a fase de transporte ou na etapa de descarga do cimento.

Caso tenha alguma dúvida, favor ligar para 0800 41 9002.

O cimento teme a umidade. Proteja-o no transporte e na armazenagem.

Leave a Reply