Cimento Itambé

Portal Itambé
Ligue-nos

Telhas de concreto

Área Técnica, Construindo Melhor, Sobre Cimento, Sobre Concreto 10 de novembro de 2010

Novos modelos e cores invadem o mercado da construção

Por: Michel Mello

As telhas de concreto apresentam inúmeras vantagens em sua utilização. Entre elas está o fato de que o desenho arquitetônico da obra ganha um aspecto inteiramente diferente, onde o telhado ganha destaque e passa a compor e integrar a estrutura da obra. Apresentam-se em uma grande diversidade de cores e modelos, proporcionando mais opções em termos de design de projeto. Telhas claras são indicadas para regiões de clima quente e as escuras para as regiões mais frias. As telhas de concreto não quebram durante a instalação o que aumenta a vida útil do telhado.

Essas peças garantem maior resistência e proteção contra os elementos, como maresia e abrasividade do mar, características das regiões litorâneas do Brasil, eliminando as despesas com a manutenção. Sua utilização faz com que a estrutura do telhado não sofra sobrecarga de peso, normalmente causada pela chuva, pois não há absorção de água pelas telhas que pode ser arrastada pelo vento e penetrar no forro.

Linha de produção

As telhas de concreto são produzidas a partir da adição de pigmentos coloridos diretamente à mistura planetária com utilização de cimento Portland de alta resistência inicial, areias e agregados selecionados – finos, médios e grossos – com adição de água na quantidade suficiente para cada traço de mistura desejada. Assim, obtemos uma mistura homogênea e que esteja pronta para o processo de produção.

Depois disso, o material bruto é levado à estufa de vapor para secagem em formas plásticas ou de alumínio, com processo semiautomático. As telhas saem moldadas e precisam ser extraídas do cabeçote do molde, ou das gaiolas de secagem (rack).

Após esse processo, as telhas de concreto, coloridas ou convencionais, estão prontas para serem enviadas ao consumidor. Existe uma grande variedade de cores, modelos e formatos, pois o mercado está em um momento de forte demanda.

Tegolieiras

Dobleday Lima Balassa

As telhas de concreto proporcionam garantia de robustez à construção, além de resistência mecânica e qualidade estética inalterável no tempo. O gerente comercial do Grupo Brasitalia, Dobleday Lima Balassa, afirma que “as telhas em concreto possuem garantia de 20 anos. Além disso, a manutenção é reduzida somente à estrutura de montagem”.

Dobleday também destaca que “entre o leque de cores disponíveis a mais difícil de obter é o ‘verde exército’. Por isso, apresenta custo mais elevado em relação às outras, pois usa um pigmento importado”.

O volume de vendas, segundo Dobleday, aumentou em 50% em relação ao ano passado. “A cor mais procurada é a cinza pérola. Por isso, mesmo o prazo de entrega está em torno de 30 dias. O preço médio é de R$ 1.400,00 o milheiro” destaca o gerente.
 
A Brasitália atende os estados do Paraná, Santa Catarina, Mato Grosso do Sul e São Paulo. E, de acordo com o gerente comercial, a maior demanda é para o mercado interno, ou seja, os paranaenses consomem boa parte da produção das telhas de concreto. Para Balassa, “essas vendas são em boa parte impulsionadas pelo bom momento que atravessa o setor da construção. Programas como o Minha Casa, Minha Vida, do governo federal, alavancaram as vendas”.

Cores da Brasitália
Linha Cinza
– cinza pérola (na cor do cimento);
– grafite; marrom;
Linha Colorida
– canela;
– vermelha;
– verde cana;
– amarelo colonial;
– imbuia (vinho);
Linha Branca
– branca;
– pêssego;
– marfim;
– verde exército;
– goiaba; e
– amarelo ouro.

Entrevistado
Dobleday Lima Balassa
Currículo

– Graduação em Contabilidade pela Universidade Estadual de Maringá (UEM).
– Graduação em pedagogia pela Universidade Estadual de Maringá (UEM).
– Pós-graduado em Gerenciamento de Micro e Pequenas Empresas na Universidade Federal de Lavras.
– Supervisor e Gerente da área Comercial da Unidade de Jussara do Grupo Brasitália.
Contato: ditaliajussara@grupobrasitalia.com.br

Jornalista responsável: Silvia Elmor – MTB 4417/18/57 – Vogg Branded Content


Tags:
Leia também:

1 Comentário