Cimento Itambé

Portal Itambé
Ligue-nos

Revestimento antibacteriano muda conceito de RAD

Área Técnica, Inovação, Novas Tecnologias, Sobre Cimento 24 de setembro de 2014

Produto propaga-se na indústria alimentícia brasileira por reduzir sensivelmente as contaminações diretas e contaminações cruzadas

Por: Altair Santos

Em aproximadamente duas décadas, o RAD (Revestimento de Alto Desempenho) deu um salto de qualidade que poucos sistemas construtivos conseguiram no mesmo período. Saiu da condição de contrapiso com baixo desempenho mecânico, com risco de desplacamento, impregnação de sujeira e anti-higiênico para a condição de RAD Ultra Hygienic, à base de epóxi, cimentos uretânicos e poliuretano. O produto é hoje o que há de mais moderno no segmento e propaga-se na indústria alimentícia (frigoríficos, fábricas de alimentos, beneficiadores e supermercados) por reduzir sensivelmente as contaminações diretas e cruzadas.

José Eduardo Granato: Nos EUA, empresas já usam piso higienizado como peça de marketing

O segredo deste piso está nos aditivos antibacterianos à base de íon prata, o que elimina o uso de ptalato – produto químico usado nas resinas de RAD e apontado como cancerígeno. A eficiência já faz algumas empresas alimentícias dos Estados Unidos usarem pisos com selo “Free Phtalate”, a fim de impulsionar suas políticas de marketing. “A evolução e o crescimento do mercado dos produtos RAD se devem à versatilidade. Hoje, eles se aplicam aos pisos que necessitam cumprir requisitos higiênicos, estéticos, anticorrosivos, antiderrapantes, de resistência à abrasão e a impactos, bem como resistência à ação mecânica, aplicados sobre substratos de concreto ou metálico”, define o engenheiro civil José Eduardo Granato.

O especialista palestrou no 8º seminário de pisos e revestimentos de alto desempenho, promovido pela ANAPRE (Associação Nacional de Pisos se Revestimentos de Alto Desempenho) no Concrete Show 2014. O evento mostrou que no Brasil o RAD teve dois momentos decisivos: em 1998, quando entrou em vigor a ABNT NBR 14050 – Sistemas de revestimento de alto desempenho, à base de resinas epoxídicas e agregados minerais –, e em 2004, quando foi fundada a ANAPRE.  Norma e associação deram credibilidade aos produtos, agregando valores como responsabilidade ambiental, parâmetros e critérios claros para o mercado, além de comprometimento com a tecnologia.

Alphapiso também venceu Prêmio ANAPRE por produzir pisos antibacterianos

A abertura do mercado às inovações surgidas no exterior também ajudaram a qualificar o RAD no país. Hoje, não só os pisos ultra-higiênicos se destacam. São igualmente eficientes os revestimentos à base de poliuretanos flexíveis, muito usados para tráfego de pedestres e de veículos de pequeno e médio porte. A comprovação do potencial destes sistemas se deu durante a Copa do Mundo, quando todos os estádios reformados ou construídos utilizaram RAD em áreas de circulação, praças de alimentação, banheiros e vestiários. O piso também se mostra eficiente em aeroportos, hangares e shopping centers.

Prêmio ANAPRE

Dentro do Concrete Shom 2014, a ANAPRE divulgou os vencedores da 6ª edição do Prêmio ANAPRE de Planicidade e Nivelamento. A empresa ganhadora foi a Alphapiso Serviços Técnicos, com a execução do piso de concreto dos galpões 4 e 5 da Qualifer Projetos e Gerenciamento de Obras, em Itupeva, no interior de São Paulo. Foi o segundo ano consecutivo que a empresa leva o primeiro lugar. O segundo lugar ficou com a Zorzin Pisos Industriais, que executou o piso da Tramontina Garibaldi S.A Indústria Metalúrgica, em Garibaldi, no Rio Grande do Sul, com o concreto fornecido pela empresa Concresul Britagem Ltda, filial também de Garibaldi.

Piso da unidade da Tramontina, em Garibaldi-RS: vencedora do Prêmio ANAPRE

Confira aqui a evolução do RAD no Brasil
Arquivo em powepoint na pasta RAD, no disco virtual Itambé

Entrevistado
Engenheiro civil José Eduardo Granato, gerente técnico e comercial da Viapol
Contato: http://www.viapol.com.br/contato1.php?menu=contato

Créditos Fotos: Divulgação/ANAPRE

Jornalista responsável: Altair Santos MTB 2330


Leia também:

2 Comentários