Cimento Itambé

Portal Itambé
Ligue-nos

Brasil tem piso industrial de concreto premiado nos EUA

Área Técnica, Inovação, Sobre Concreto 11 de março de 2015

Obra construída pelo Grupo Zorzin, em parceria com a Concresul, ganha troféu Golden Trowel, na mais recente edição do World of Concrete

Por: Altair Santos

No World of Concrete 2015, uma obra brasileira ganhou reconhecimento internacional. Durante o evento recentemente ocorrido em Las Vegas, nos Estados Unidos, o piso industrial de concreto desenvolvido para o centro de distribuição do Grupo Tramontina, em Garibaldi-RS, conquistou o prêmio Golden Trowel, na categoria planicidade e nivelamento. O troféu contempla o trabalho do Grupo Zorzin, da cidade de Getúlio Vargas-RS. “Concorrer com obras do mundo todo, e obter a premiação, demonstra que estamos capacitados e seguindo as tendências tecnológicas internacionais para atender os altos padrões de exigência no que se refere a pisos de alto desempenho”, diz Ivan Roberto Zorzin, diretor da empresa.

Piso construído no centro de distribuição do Grupo Tramontina, em Garibaldi-RS, bateu recorde mundial de nivelamento

O piso premiado teve como fornecedor de concreto a Concresul, também do Rio Grande do Sul, e que tem entre seus fornecedores a Cia. de Cimento Itambé. Para o engenheiro da concreteira de Bento Gonçalves-RS, Airton Fontanive, a premiação internacional tende a alavancar o mercado de pisos industriais. “O reconhecimento da qualidade do produto fabricado no Brasil virá através do aumento de demanda e da comprovação de que o setor nacional de pisos industriais possui tecnologia, fornecedores e equipamentos capazes de produzir com qualidade internacional”, atesta, completando que a sinergia dos vários setores envolvidos na fabricação do piso vencedor foi fundamental para a conquista.

O piso construído pelo Grupo Zorzin bateu o recorde mundial de nivelamento, na categoria “Narrow Strip”, alcançando índices técnicos de Ff 155.1 (planicidade)/Fl 125 (nivelamento). O recorde anterior era de 2011, com planicidade (Ff) de 183.6 e nivelamento (Fl) de 100,1, também de uma empresa brasileira: a GNP Construtora, de Campinas-SP. Tanto para Ivan Zorzin quanto para Airton Fontanive, as características do concreto foram decisivas para se alcançar patamares tão elevados de qualidade. “A resistência do concreto permitiu acabamento e durabilidade adequadas ao que exigia o projeto”, define Zorzin. O material usado no centro de distribuição do Grupo Tramontina precisou de especificações especiais.

Características técnicas
A particularidade da obra exigiu que houvesse reforço estrutural do piso, que foi projetado com as seguintes características:
Fibra de Vidro Estrutural Anti-Crak® HP 67/36, Álcali Resistente
– Módulo de Elasticidade > 72 GPa
– Resistência à Tração > 1.700 MPa
– Fator de Forma > 67
– Fibra da Owens Corning, que aumentou a resistência à flexão e ductilidade, adicionando dureza, resistência à fadiga e impacto ao concreto.

O engenheiro Airton Fontanive complementa ainda que, além das tradicionais especificações de resistência à compressão (fck) e resistência a tração na flexão (fctM,k) existiram especificações rígidas quanto ao tipo e o consumo de cimento por m³, módulo de elasticidade, consistência, fator água/cimento e quantidade de água por m³. “Todas essas atribuições influenciam na qualidade final de um piso de concreto, e elas envolvem soluções técnicas, projeto específico do piso, mão de obra qualificada, equipamentos, fornecedores e produtos de qualidade”, reitera Ivan Roberto Zorzin. A obra consumiu aproximadamente 2.900 m³ de concreto.

Antes de vencer o Golden Trowel, o piso executado pelo Grupo Zorzin também recebeu menção honrosa no 6º Prêmio ANAPRE de Planicidade e Nivelamento, disputado em 2014. A ANAPRE é a Associação Nacional de Pisos e Revestimentos de Alto Desempenho, da qual a Zorzin é filiada. A empresa tem 15 anos de atuação e experiência no segmento.

Entrevistados
Ivan Roberto Zorzin, gestor empresarial pela FGV-SP e diretor do Grupo Zorzin
– Engenheiro civil Airton Fontanive, responsável técnico da área de concreto da Concresul

Contatos
ivan@zorzin.com.br
airton@concresul.com

Créditos Fotos: Divulgação/Grupo Zorzin e Concresul

Jornalista responsável: Altair Santos MTB 2330

 



Leia também: