Cimento Itambé

Portal Itambé
Ligue-nos

Pavimento permeável contra enchentes

Inovação, Novas Tecnologias, Tendências construtivas 30 de março de 2011

ABCP ajuda a propagar sistema nos grandes centros urbanos e recomenda uso em estacionamentos, pátios e ruas de tráfego leve

Por: Altair Santos

Desde 2007, a Associação Brasileira de Cimento Portland (ABCP) se debruça sobre pesquisas com concreto permeável para uso em pavimento. Os estudos foram motivados pela busca de soluções para as enchentes nos grandes centros urbanos. Coordenada pela engenheira civil Mariana Marchioni, que atua na área da indústria de pré-fabricação da ABCP, a experiência resultou na elaboração de um manual de melhores práticas em pavimentos permeáveis, tendo como modelo o pavimento intertravado.

Mariana Marchioni: “Assim como o concreto simples, o concreto poroso é 100% reciclável.”

O objetivo é disseminar o uso dos pavimentos permeáveis e seu ótimo custo x benefício no combate às enchentes. Para isso, a ABCP promove cursos e palestras sobre o tema, mostrando que o material tem boa adaptação ao uso urbano, principalmente se utilizado em estacionamentos, pátios e ruas de tráfego leve. Nestes casos, o sistema atua localmente, reduzindo ou retardando o volume de água direcionado ao sistema de drenagem da cidade.

Mariana Marchioni alerta que o pavimento permeável não deve ser confundido com o pavimento intertravado com peças de concreto para pavimentação, também conhecido como “pavers”. “O paver não se trata de um pavimento permeável. Ainda que ocorra uma pequena infiltração inicial, esta infiltração tende a se tornar nula ao longo do tempo. No pavimento permeável, toda a estrutura é feita para permitir a passagem de água”, explica.

Basicamente, o concreto permeável ou poroso é um concreto com vazios que são intencionalmente incorporados ao concreto. Enquanto em um concreto convencional deve-se atingir a maior densidade possível, nos concretos permeáveis é necessário chegar à situação oposta, onde deverão ser criados poros para permitir a infiltração de água. A porosidade de um concreto permeável varia de 15% a 30% e a água geralmente escoa com taxas entre 0,2 cm/s até 1 cm/s, dependendo do material e da sua disposição.

Pavimento permeável é recomendável para estacionamentos, pátios e ruas de tráfego leve.

Pavimento permeável é recomendável para estacionamentos, pátios e ruas de tráfego leve.

Para a produção de concretos permeáveis, o método mais comum é a eliminação dos agregados mais finos, optando-se pelo uso de agregados graúdos e pasta de cimento. “Assim como o concreto simples, o concreto poroso é 100% reciclável”, lembra Mariana Marchioni. Por isso, A Agência de Proteção Ambiental Norte-Americana (EPA, Environmental Protection Agency) classificou os pavimentos permeáveis de BMP.

A sigla BMP (Best Management Practice) pode ser traduzida livremente como práticas sustentáveis. Ou seja, o EPA classifica os pavimentos permeáveis como uma das soluções sustentáveis para a drenagem urbana, que atua na redução da impermeabilização das cidades assim como na redução da poluição, pois a base do pavimento filtra a água da enxurrada. “Nos Estados Unidos, em alguns casos, a legislação exige a utilização deste tipo de pavimento”, diz Marchioni.

Aliás, o uso dos pavimentos permeáveis já é bem difundido em outros países. Na Alemanha – pioneira no uso deste sistema – são instalados cerca de 20 milhões de m2 de pavimentos permeáveis por ano em construções residenciais e comerciais.

Porosidade de um concreto permeável varia de 15% a 30% e a água geralmente escoa com taxas entre 0,2 cm/s até 1 cm/s.

Para propagar o sistema no Brasil, a ABCP promove intercâmbios com o ICPI (Interlocking Concrete Pavement Institute), nos Estados Unidos, e também integra o SEPT (Small Element Pavement Technologists) – um grupo que reúne os maiores especialistas em pavimento utilizando peças de concreto. “ABCP tem estudado este tema e elaborado uma série de ferramentas para ajudar a difundir este sistema. Mas o ideal é que as cidades também possuam um plano diretor de drenagem”, finaliza a pesquisadora da ABCP, Mariana Marchioni.

Serviço
O manual de pavimentos permeáveis pode ser acessado no portal ABCP (www.abcp.org.br) assim como informações sobre os cursos e palestras.


Entrevistada
Mariana Marchioni, engenheira da ABCP
Currículo

– Engenheira civil graduada pela Escola de Engenharia Mauá, 2004
– Cursa mestrado em Engenharia na área de materiais, pela Escola Politécnica da USP
– Atua na área da Indústria de pré-fabricação na ABCP – Desenvolvimento de produtos à base de cimento
– Secretária da norma de pavimento intertravado da ABNT
Contatos : Mariana Marchioni – mariana.marchioni@abcp.org.br
Assessoria de imprensa – marta.oliveira@abcp.org.br
erika.lide@abcp.org.br / rosangela.alves@abcp.org.br

Jornalista responsável: Altair Santos – MTB 2330


Leia também:

27 Comentários