Cimento Itambé

Portal Itambé
Ligue-nos

Pavicon

Área Técnica, Sobre Concreto 1 de março de 1997

Um convênio de cooperação técnica, científica e cultural, foi firmado entre a Cimento Itambé e a Pontifícia Universidade Católica do Paraná – PUC-PR

O convênio teve como objetivo analisar o desempenho de diversas tecnologias utilizadas na pavimentação da estrada de acesso à fábrica da Cimento Itambé, localizada no município de Balsa Nova, na região metropolitana de Curitiba.

Através de monitoramento em campo e ensaios de laboratório, o PAVICON oferece ao mercado informações e soluções técnicas para o emprego de pavimentos e bases de concreto como alternativa aos pavimentos convencionais. Este foi o primeiro teste de pavimento de concreto feito no Brasil, utilizando um trecho experimental sujeito a tráfego real e controlado.

Os dados, resultados e conclusões da pesquisa estão disponíveis à comunidade científica e a todos os interessados. Entre em contato com a assessoria técnica da Itambé.

PAVICON METODOLOGIA

PAVICON EQUIPAMENTOS

Perfilógrafo Califórnio

Avaliação do Conforto de Rolamento

O Perfilógrafo Califórnia é o equipamento especificado no guia de Construções da AASHTO (American Association of State Highway and Transportation Officials) de 1988 para o controle da irregularidade longitudinal de pavimentos de concreto em fase de construção e, posteriormente, ao longo do período de utilização ou de monitoramento e avaliação de desempenho da rodovia.

A irregularidade longitudinal avalia a regularidade ou desvios superficiais dos pavimentos e tem influência direta na segurança, conforto de rolamento, custo operacional dos veículos, serventia e vida de serviço dos pavimentos rodoviários.

Assim sendo, a principal finalidade do perfilógrafo, é o monitoramento dos equipamentos e dos processos de construção adotados em cada obra, objetivando assegurar e avaliar os níveis desejados de regularidade superficial.

Falling Weight Deflectometer (FWD)

Avaliação da Capacidade Estrutural

O FWD é um equipamento que aplica cargas dinâmicas (queda de uma massa de altura definida), cujo efeito no pavimento simula as cargas dos veículos em movimento. A aplicação da carga gera uma onda que se propaga pela estrutura de concreto. Na superfície da placa, sismógrafos registram acelerações verticais geradas pela passagem da onda e transformam-nas em deformações, as quais são armazenadas em um computador de bordo.

É usado para medir a resposta do sistema estrutural do pavimento à simulação do movimento de rodas carregadas de caminhões, para avaliar as condições de suporte do subleito, e fornecer informações para uso na caracterização de materiais e análises de fadiga.

O equipamento “Falling Weight Deflectometer” é composto basicamente de :
a) um veículo rebocador que tem as funções de rebocar o equipamento, abrigar o computador de bordo e o processador e medidor das cargas aplicadas e deflexões produzidas ; e
b) o equipamento propriamente dito, que é composto de cabine protetora contra intempéries, dotada interiormente dos dispositivos hidráulicos e elétricos necessários para acionar os dispositivos de abertura da própria cabine, o de massa, e o conjunto de placa de carga e sete sensores.

O FWD também é usado para determinar a eficiência da transferência de cargas através das juntas. A eficiência da transferência de carga é definida como a razão entre a deflexão do lado não carregado da junta pela deflexão do lado carregado. Eficiência de transferências de cargas na faixa de 70% a 100% são consideradas boas, enquanto que eficiências abaixo de 50% são consideradas ruins.



Tags:
Leia também: