O 82º ENIC oferece propostas para a construção civil do país

O 82º ENIC oferece propostas para a construção civil do país

O 82º ENIC oferece propostas para a construção civil do país 150 150 Cimento Itambé

Uma das questões levantadas durante o Encontro envolve recursos para crédito imobiliário

Por: Lilian Julio

Solenidade de abertura do 82º ENIC em Maceió, com a presença do presidente Lula, ministros e representantes do Sinduscon e CBIC de todo país

Entre os dias 09 e 11 de junho ocorreu na capital de Alagoas um dos maiores eventos da construção civil do país. É o Encontro Nacional da Indústria da Construção (ENIC) realizado pela 82ª vez. O evento acontece uma vez por ano em capitais e cidades brasileiras reunindo engenheiros, empresários do setor e estudantes de arquitetura e engenharia.
O 82º ENIC foi promovido pela Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC) e do Sinduscon de Alagoas e recebeu no dia da abertura a presença do presidente Lula, que defendeu a importância do aquecimento do setor da construção para o desenvolvimento da economia do país.

Debates

Entre os temas que foram abordados durante o ENIC está o financiamento imobiliário. O esgotamento das fontes desses recursos foi o assunto principal na reunião da Comissão de Indústria Imobiliária (CII), no segundo dia do evento. De acordo com o presidente da Comissão, João Crestana, há uma necessidade urgente de se buscar alternativas para o crédito imobiliário. “As projeções mais recentes apontam uma futura escassez dos recursos da poupança e do fundo de garantia”, afirma Crestana.

A falta de financiamento também contribui para aumentar ainda mais o déficit habitacional no Brasil – que atualmente está em 7 milhões de moradias. “Essa carência de unidades habitacionais requer R$ 2 trilhões, enquanto o volume disponível de recursos das linhas de crédito para tal finalidade (poupança e FGTS) é de apenas R$ 465 bilhões”, adverte o diretor executivo da Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança (Abecip), Natalino Gazonato. “Se continuar nesse ritmo os recursos irão acabar em dois anos”, afirma.

Marcos Holanda, presidente do Sinduscon-AL

Além dos temas envolvendo recursos, a 82ª edição do ENIC teve seu foco na sustentabilidade que, de acordo com o presidente do Sinduscon-AL Marcos Holanda, é o maior desafio para as empresas da construção civil. Para ele o ENIC serviu como incentivo para que práticas mais sustentáveis fossem apresentadas, buscando a conscientização do setor. “Pretendemos, a partir de agora, consolidar esse conceito sustentável até o final de 2010 para que no próximo ENIC, em junho do ano que vem, possamos mostrar o que já foi feito”, destaca Holanda.

O Programa de Construção Sustentável apresentado durante o ENIC engloba temas como água, mudanças climáticas, desenvolvimento humano, energia, resíduos, materiais e sistemas, meio ambiente, infraestrutura e desenvolvimento urbano. Outros tópicos, como poder de compra e inovação tecnológica, também foram abordados em discussões durante o evento.

Lançamento

Durante o evento a CBIC lançou o portal do Programa de Inovação Tecnológica (PIT), uma iniciativa que visa estudar, analisar e definir diretrizes para o desenvolvimento, difusão e avaliação de inovações tecnológicas da construção civil brasileira.

O PIT tem como principal objetivo transformar a inovação tecnológica em um caminho estratégico das empresas que buscam um diferencial competitivo.

Para o presidente do Sinduscon-AL o encontro é uma grande possibilidade de estreitar laços e tornar o setor mais unido. “Este evento é um dos mais importantes do país e este ano batemos o recorde de público de todas as edições já realizadas, o que significa mais interesse da classe”, revela Holanda.

Programação do ENIC

Entre os temas mais abordados durante o evento, as palestras focaram as discussões em projetos como:
– Programa Minha Casa, Minha Vida
– Fonte de Recursos de financiamento
– Meio ambiente, infraestrutura e desenvolvimento urbano
– Urbanismo
– Legislação ambiental e licenciamento de empreendimentos
– Gestão de resíduos sólidos
– Eficiência energética das edificações
– Sistemas sustentáveis

Público

Participaram do 82º ENIC cerca de duas mil pessoas. Entre os inscritos nas palestras e apresentações de propostas somaram 1.320 pessoas, entre engenheiros e estudantes de universidades, que tiverem um espaço para divulgar projetos, também voltados para o apelo das construções mais sustentáveis, visando um planeta melhor.

Entrevistado: Marcos Holanda
– Engenheiro Civil formado em 1983 pela Universidade Federal de Alagoas (UFAL);
– Fez mestrado em Engenharia de Estrutura na Universidade de São Paulo (USP);
– Foi Conselheiro do Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia de Alagoas (CREA);
– Atualmente, além de presidente do Sindicato da Indústria da Construção do Estado de Alagoas – Sinduscon, gestão 2007/2011 é, também, vice- presidente da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), gestão 2008/2011;
– Professor do Curso de Engenharia da Universidade Federal de Alagoas, e Presidente Diretor da Empresa Nacional de Engenharia e Construções Ltda. (ENENGI).
Email: presidente@sinduscon-al.com.br

Jornalista responsável: Silvia Elmor – MTB 4417/18/57 – Vogg Branded Content

VEJA TAMBÉM NO MASSA CINZENTA

MANTENHA-SE ATUALIZADO COM O MERCADO

Cadastre-se no e receba o informativo semanal sobre o mercado da construção civil