Incêndio de 2015 foi o segundo a atingir o prédio, que também foi destruído pelo fogo em 1947