Microapartamento pré-fabricado inova moradia em NY

My MicroNY: as unidades se encaixam uma a uma, dando forma ao edifício.

Microapartamento pré-fabricado inova moradia em NY

Microapartamento pré-fabricado inova moradia em NY 700 408 Cimento Itambé

Projeto executado em Manhattan propõe novo tipo de construção para prédios habitacionais, que se viabiliza através de linhas de montagem

Por: Altair Santos

O brinquedo Lego, que forma objetos através do encaixe de peças, inspirou a construção mais inovadora atualmente em Nova York (Estados Unidos). O canteiro de obras localiza-se em um dos cobiçados endereços de Manhattan: a 27th Street, em Kips Bay. É no local que está em execução o My MicroNY, um prédio com 55 apartamentos de 20 m² cada um, em que as unidades são montadas separadamente e depois fixadas uma a uma, dando forma ao edifício. Projetada pelo arquiteto Eric Bunge, a obra tem o incentivo da prefeitura de NY, que pretende usá-la como modelo para criar um novo programa habitacional na cidade.

My MicroNY: as unidades se encaixam uma a uma, dando forma ao edifício.

A construção funciona como uma linha de montagem de automóveis. Em um galpão, os apartamentos são fabricados como se fossem contêineres de aço. Cada um recebe uma cozinha planejada, um closet e um banheiro com todas as instalações – de espelho a chuveiro e vaso sanitário. As conexões hidráulicas e elétricas também já saem prontas da linha de montagem, para compor com o sistema geral do edifício. No processo final, a estrutura em aço é revestida por paredes pré-fabricadas de concreto, já com os encaixes adequados para se acoplar às demais unidades.

Depois de pronto, cada microapartamento pré-fabricado é transportado por caminhão e erguido através de guindaste para ir dando forma ao prédio. “Conseguimos conceber um canteiro de obras seco e ajustado às rigorosas leis para construir edifícios, que vigoram em Nova York. Também pensamos no novo morador da cidade: jovem, com poucos recursos para investir em uma habitação e que prefere morar sozinho”, diz Eric Bunge. Por ser um protótipo, e estar localizado em uma área nobre de NY, os microapartamentos não são assim tão baratos. Quando prontos, serão colocados à venda por algo em torno de US$ 450 mil (cerca de R$ 1,350 milhão).

Linha de montagem dos contêineres: cada apartamento vem com cozinha, closet e banheiro montados.

Projeto levou dois anos
A conclusão da obra do My MicroNY está programada para o verão de 2015, provavelmente em agosto. O canteiro de obras foi instalado em maio de 2014. “A rapidez da edificação está surpreendendo até nós mesmos”, afirma o arquiteto, relatando que a etapa mais demorada foi a do projeto. O planejamento da linha de montagem, a concepção das formas para receber o concreto e a logística para transportar as unidades e içá-las por guindaste em cada um dos andares do prédio levou cerca de dois anos. Esse trabalho envolveu aproximadamente 50 pessoas, entre arquitetos, engenheiros civis, projetistas e designers.

Quando pronto, o My MicroNY terá a aparência de um prédio comum. Revestido por pastilhas, aparentará ser uma construção monolítica. Quem ocupar cada unidade também não perceberá que habita um sistema construtivo inovador. As paredes de cada contêiner, revestidas com drywall, dão a aparência de um apartamento convencional, porém com melhor desempenho acústico e térmico. “Tudo foi pensado para oferecer conforto ao morador. É um prédio de habitação popular, mas com sofisticação”, finaliza Eric Bunge, cujo projeto ganhou o prêmio máximo do New Cities Summit de 2014, realizado na cidade de São Paulo, e que neste ano acontece em Jacarta, na Indonésia.

Quando pronto, provavelmente em agosto de 2015, o My MicroNY terá a aparência de um edifício convencional.

Entrevistado
Arquiteto Eric Bunge, professor-assistente do departamento de arquitetura da Universidade de Columbia, em Nova York (via assessoria de imprensa).

Contato
erb2147@columbia.edu

Créditos fotos: Divulgação/mir.no

Jornalista responsável: Altair Santos MTB 2330
VEJA TAMBÉM NO MASSA CINZENTA

MANTENHA-SE ATUALIZADO COM O MERCADO

Cadastre-se no e receba o informativo semanal sobre o mercado da construção civil