Cimento Itambé

Portal Itambé
Ligue-nos

Máquinas para concretar dão salto tecnológico

Área Técnica, Gestão, Gestão de Obras, Sobre Concreto 16 de julho de 2015

Betoneiras, autobombas, silos, centrais de concreto, minibetoneiras e outros equipamentos para gerar concreto priorizam qualidade e produtividade

Por: Altair Santos

O material mais utilizado em obras tornou-se também protagonista de avanços tecnológicos que envolvem betoneiras, autobombas, silos, centrais, minibetoneiras e outros equipamentos que elevam a produtividade e melhoram o transporte do concreto. Na 9ª Feira M&T Expo 2015, realizada recentemente, em São Paulo-SP, foi possível ver as principais novidades que chegarão ao mercado nacional neste segundo semestre. Entre elas, a betoneira autocarregável C-5000, da Convicta. A nova versão pesa e dosa os agregados, de acordo com o traço do concreto definido em projeto. Também vem com “esterçamento caranguejo”, o qual permite deslocar lateralmente o veículo, facilitando o movimento no canteiro de obras.

Evolução dos equipamentos foi exposta na recente edição da M&T Expo 2015

Evolução dos equipamentos foi exposta na recente edição da M&T Expo 2015

Outro fabricante que mostrou inovações na M&T Expo 2015 foi a suíça Liebherr. A indústria passa a produzir no Brasil, em sua unidade de Guaratinguetá-SP, a autobomba de concreto THP 70 D-C. Com motor diesel, atende os pequenos e médios construtores. Tem capacidade nominal de produção de 70 m³ e coxo de 600 litros. O equipamento é montado sobre caminhão, tem agitador duplo com motorização e fácil acesso para limpeza e manutenção.

A alemã SCHWING-Stetter mostrou na feira a autobetoneira AM10FHC, que é capaz de transportar até 10 m³ de concreto. O tambor é fabricado com aço de elevada resistência abrasiva ao concreto, prolongando a vida útil do equipamento. Já a sueca Scania apresentou novas gerações de caminhões para diversas condições rodoviárias. Entre eles, o P 310 8×4, que tem redução nos cubos dos eixos traseiros e é indicado para operações urbanas. O modelo pode receber caçamba e betoneira. O veículo tem caixa de câmbio automatizada, o que facilita o trabalho do motorista-operador.

Antecipando a Bauma 2016
Outra fabricante de equipamentos para a construção pesada, a alemã MAN (subsidiária Volkswagen) começa a produzir no Brasil sua primeira betoneira automática. O diferencial da máquina está em seus equipamentos de segurança. O caminhão possui um inclinômetro que calcula o ângulo de subida ou de descida, ajustando as trocas de marcha, evitando solavancos e, consequentemente, o risco de derramamento de concreto na pista.

Na MT& Expo, muitos fabricantes de equipamentos procuraram antecipar lançamentos, a fim de alavancar vendas. Máquinas que seriam apresentadas apenas na Bauma 2016, maior feira mundial de máquinas para construção e mineração, foram mostradas ao mercado brasileiro e sul-americano. Um dos motivos é a queda nos negócios, que no Brasil chega a 16% em 2015. Cenário que contrasta, por exemplo, com o expressivo crescimento de 19% registrado nos Estados Unidos e no Japão. Globalmente, o Brasil é o segundo país com o maior decréscimo nos negócios que envolvem este tipo de equipamento. Fica à frente apenas da Rússia, onde as vendas já despencaram 37%.

Entrevistados
Representantes da Convicta, Liebherr, SCHWING-Stetter, Scania e MAN
Contato: meccanica@meccanica.com.br

Crédito Foto: Marcelo Vigneron/M&T Expo 2015

Jornalista responsável: Altair Santos MTB 2330


Leia também:

1 Comentário