Cimento Itambé

Portal Itambé
Ligue-nos

Itambé anuncia novos investimentos

Finanças, Gestão Estratégica 29 de julho de 2008

A construção de um novo forno e de um Centro de Distribuição fazem parte dos planos da empresa

Créditos: Rosemeri Ribeiro – Assessora de Comunicação

A Cia. de Cimento Itambé anunciou que irá investir R$ 400 milhões nos próximos anos, sendo R$ 320 milhões em um forno com capacidade para 1,3 milhão de toneladas de cimento por ano, o que elevará a produção da empresa dos 1,5 milhão de toneladas/ano atuais para 2,8 milhões de toneladas/ano, a partir do segundo semestre de 2011. Os outros R$ 80 milhões serão usados na ampliação da capacidade de moagem e na construção do primeiro Centro de Distribuição da empresa (ao sul de Santa Catarina, ainda sem cidade definida).

O anúncio dos novos investimentos foi feito pelo diretor superintendente da Itambé, Paulo Procopiak de Aguiar, no dia 17 de julho, na Sede da Companhia, em Curitiba.

Em 2007 a empresa produziu 938 mil toneladas de cimento, cerca de 12% a mais que o ano anterior, porém volume inferior ao registrado em 1998, quando foram produzidas 952 mil toneladas de cimento.

Segundo Aguiar, este recorde deverá ser quebrado ainda em 2008, quando espera-se produzir 1,15 milhão de toneladas de cimento. “Somente no primeiro semestre deste ano, a demanda cresceu 30% em relação ao mesmo período de 2007”, comenta o diretor.

A Itambé possui dois fornos e, de 2003 a 2007, manteve o mais antigo, com capacidade para 550 mil toneladas de cimento por ano, desativado. Com o aquecimento do mercado ele voltou a funcionar.

“Quando o terceiro forno estiver pronto, faremos uma reforma neste mais antigo, o que deverá ampliar sua capacidade produtiva”, complementa Aguiar.

Durante a construção do novo forno deverão ser gerados cerca de 750 empregos diretos e indiretos.

Estima-se que 75 novos postos de trabalho permanentes sejam criados após o término das obras.

Com 31 anos de produção de cimento, a Itambé é uma das principais cimenteiras do sul do Brasil, ocupando a 8ª. posição no ranking nacional do setor, segundo o SNIC – Sindicato Nacional da Indústria de Cimento. Num parque fabril instalado em área total de 2,5 milhões de m2, no município de Balsa Nova, a 30 quilômetros de Curitiba, a empresa opera com capacidade instalada de 1,5 milhão de toneladas de cimento por ano. O calcário, matéria-prima básica para a operação, é extraído da Mina Rio Bonito, localizada no município de Campo Largo, a cerca de 22 quilômetros da planta fabril.



Tags:
Leia também: