Investimento em pesquisa eleva conceito da graduação da UFSC

Investimento em pesquisa eleva conceito da graduação da UFSC

Investimento em pesquisa eleva conceito da graduação da UFSC 150 150 Cimento Itambé

Alunos do curso de engenharia civil interagem com estudos que são desenvolvidos na pós-graduação e no doutorado da universidade

Por: Altair Santos

A graduação em engenharia civil da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) está entre as cinco melhores do país, segundo ranking do INEP (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais) com base no desempenho do Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade). Esse salto de qualidade se deu quando as pesquisas desenvolvidas na pós-graduação do curso passaram a ser compartilhadas pelos estudantes do 1.º ao 5.º ano. “Eles passaram a ter exemplos de como se desenvolvem pesquisas e também ficaram mais engajados com o curso”, avalia o professor Glicério Triches, coordenador da graduação da UFSC no biênio 2011 e 2012.

Professor Glicério Triches: UFSC tem parcerias com agências de fomento para o desenvolvimento de pesquisas

Fundado há 42 anos, o curso de engenharia civil da UFSC vem aprimorando cada vez mais seu colegiado docente. Atualmente, todos os professores têm dedicação exclusiva e 85% possuem doutorado e conciliam aulas para a graduação e a pós-graduação. A universidade também apura o conhecimento recebendo investimentos de agências de fomento como FINEP, CNPq, CAPES.  “Desenvolvemos a capacidade de captar recursos para pesquisas, o que também tem atraído a parceria de empresas estatais do setor elétrico e a Petrobras”, revela Glicério Triches. “São projetos que envolvem de R$ 40 mil a R$ 5 milhões por ano, que nos chegam sob a forma de bolsa de estudos, equipamentos e insumos para nossos laboratórios”, completa.

A construção civil tem espaço relevante dentro da graduação e da pós-graduação da UFSC. Há linhas de pesquisa concentradas especificamente na aplicação da nanotecnologia no concreto e no cimento. “Temos um grupo de cinco professores que trabalham nesta área especificamente, no desenvolvimento de produtos à base do cimento Portland”, professor Glicério Triches. A UFSC também compartilha seus laboratórios com a ABCP (Associação Brasileira de Cimento Portland) e os abre para ensaios de materiais de empresas privadas. “A Toniolo e a Blocaus têm parceria para o aprimoramento de seus sistemas produtivos”, destaca.

Entre as áreas da construção civil pesquisadas pela UFSC estão:
– Gerenciamento da construção
– Conforto ambiental
– Alvenaria estrutural
– Novos materiais
– Concreto
– Resíduos na construção

O curso de engenharia civil da UFSC atualmente conta com 640 alunos matriculados na graduação e outros 300 divididos entre mestrando e doutorando. Segundo a coordenação da universidade, apesar de a demanda por engenheiros ser alta, o objetivo é não antecipar etapas. “Não estamos direcionados a acelerar processos para abastecer o mercado. O importante é a boa formação de nossos alunos”, diz o professor Glicério Triches, admitindo, porém, que de dois anos para cá todos os formandos já saem empregados. “Esta mão de obra está sendo absorvida predominantemente na construção civil”, afirma o coordenador do curso de engenharia civil da Universidade Federal de Santa Catarina.

Campus da UFSC, em Florianópolis: atualmente, graduação de engenharia civil tem 640 alunos

Entrevistado
Professor Glicério Triches, coordenador do curso de graduação em engenharia civil da UFSC (Universidade Federal de Santa Catarina)
Currículo

– Graduado em engenharia civil pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) 1981
– Tem mestrado em engenharia civil pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) 1985 e doutorado em infraestrutura aeroportuária pelo Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA) 1993
– É professor da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) desde 1984
– Foi coordenador do programa de pós-graduação em engenharia civil da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) entre 2005 e 2009)
– No biênio 2011 e 2012 assumiu a coordenação da graduação em engenharia civil da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC)
– Tem experiência na área de engenharia civil, com ênfase em rodovias, projeto e construção, atuando principalmente nos seguintes temas: dimensionamento de pavimentos, controle tecnológico de execução, avaliação de pavimentos, desempenho de pavimentos, comportamento dos materiais empregados na pavimentação, engenharia rodoviária e mecânica dos solos
– Atualmente tem se dedicado a pesquisar temas relacionados com a sustentabilidade dos empreendimentos rodoviários. Coordena do Grupo de Pesquisa Rodovias Verdes e é responsável pelo site www.rodoviasverdes.ufsc.br
– Pesquisador CNPq, nível 2 a partir de março de 2010
Contato: ecv1gtri@ecv.ufsc.br /coord.ecv@ecv.ufsc.br

Créditos Fotos: Divulgação

Jornalista responsável: Altair Santos – MTB 2330
VEJA TAMBÉM NO MASSA CINZENTA

MANTENHA-SE ATUALIZADO COM O MERCADO

Cadastre-se no e receba o informativo semanal sobre o mercado da construção civil