Cimento Itambé

Portal Itambé
Ligue-nos

Há três décadas produzindo qualidade

Gestão 31 de março de 2010

Fábrica de artefatos Beira-Rio, em São Bento do Sul, é uma das mais antigas parceiras da Cimento Itambé

Fábrica de artefatos Beira-Rio

Um dos mais antigos parceiros da Cimento Itambé completou 30 anos de atividade em fevereiro deste ano. Fundada pelo empresário Antônio Drevek, a fábrica de artefatos de cimento Beira-Rio é hoje uma das mais importantes do setor nas regiões norte de Santa Catarina e sul do Paraná.

Localizado em São Bento do Sul (SC), o empreendimento expandiu e hoje agrega também a Lanal Material de Construção, com duas lojas na cidade. Drevek conta com o apoio dos quatro filhos para gerenciar os negócios, mas aos 67 anos não abre mão de estar à frente da fábrica de artefatos.

Ele conta que começou o negócio com outros quatro sócios, mas aos poucos foi comprando as cotas até tornar-se dono da Beira-Rio. De meio-fios e lajotas, hoje a indústria de médio porte fabrica tubos de concreto para saneamento básico, palanques para cercas, fossa, filtros anaeróbicos, bocas de lobo, lajes convencional e treliçada, atuando também na pavimentação com lajotas.

Juntas, a Beira-Rio e a Lanal empregam 80 funcionários. “Temos planos de expansão da fábrica, por que as perspectivas de negócios estão crescendo e isso é bom para nós e para quem trabalha conosco”, diz Antônio Drevek, que há 20 anos utiliza apenas Cimento Itambé em seus artefatos. “Nossos produtos são fabricados com material de primeira linha”, afirma.

Para a empresa, “qualidade e segurança é nosso compromisso”, devemos isso a nossos clientes.

Concorrência

Fábrica de artefatos Beira-Rio

Segundo Antônio Drevek, um dos segredos da longevidade e do sucesso de sua fábrica é o investimento em qualidade. “A concorrência no setor é grande e construir produtos confiáveis é o que faz a diferença”, explica.

Segundo dados do Sindicato Nacional da Indústria de Produtos de Cimento (Sinaprocim), existem atualmente no Brasil 7 mil empresas voltadas para a fabricação de artefatos de cimento.

No entanto, o organismo estima que apenas 30% destas fábricas seguem as normas da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas) ou atendem as certificações do Programa Brasileiro de Qualidade e Produtividade do Habitat (PBQP-H). A Beira-Rio orgulha-se de fazer parte deste seleto grupo.

Vogg Branded Content – Jornalista responsável Altair Santos MTB 2330



Tags:
Leia também: