Robson Braga de Andrade, presidente da CNI: mapa indica o que é preciso fazer.