Expectativa do setor do varejo é de que contas inativas do FGTS sirvam de alavanca para o crescimento das vendas