Estudos mostram que a resistência do concreto é um fator que leva em consideração o grau de hidratação do cimento. Como saber o grau de hidratação de um cimento? Onde obtenho esse dado? Como posso controlar esse grau?

Resposta: Tecnicamente, grau de hidratação do cimento, quer dizer a fase que se encontra o processo de hidratação a partir do momento que o cimento entra em contato com a água. Após algumas horas, por exemplo, temos uma fase marcante no processo, que é o tempo de início de pega. Define o início do endurecimento e, por isso mesmo, o tempo máximo para aplicação do concreto. O processo continua e a resistência vai gradativamente aumentando, com velocidades que dependem do tipo de cimento que se está utilizando. Por exemplo, no caso dos cimentos tipo ARI – Alta Resistência Inicial, as velocidades são bem altas em função do grau de finura, ou seja, partículas do cimento bem pequenas, o que facilita a hidratação. Porém, sabe-se que o processo dura vários anos para todos os tipos de cimento. As normas brasileiras consideram a idade de 28 dias como tempo final para os ensaios de ruptura.