Ricardo M. Barbosa

Ricardo M. Barbosa: engenharia civil está longe de enfrentar um vácuo de mercado como ocorreu nos anos 1980 e 1990