Construtoras de SC se unem para reduzir custo da obra

Intercon_rodada

Construtoras de SC se unem para reduzir custo da obra

Construtoras de SC se unem para reduzir custo da obra 918 571 Cimento Itambé

Em Joinville, 44 empresas participam de rodadas de negociações para viabilizar novos empreendimentos ou concluir construções em andamento

Por: Altair Santos

Lideradas pelo SindusCon e pela Acomac de Joinville, 44 construtoras do norte de Santa Catarina decidiram unir esforços para negociar serviços, preços, condições e prazos com fornecedores. O objetivo: reduzir o custo das obras, sem perder qualidade. A rodada de negociações, realizada dentro da InterCon (Feira e Congresso da Construção Civil), que aconteceu em Joinville-SC de 21 a 24 de outubro de 2015, atraiu 57 fabricantes da cadeia produtiva da construção civil.

Rodada de negociações em Joinville: alternativa para combater viés de inflação alta e baixa atividade econômica

Rodada de negociações em Joinville: alternativa para combater viés de inflação alta e baixa atividade econômica

Para o presidente do SindusCon Joinville, Vanderlei Buffon, além de viabilizar obras, as negociações também beneficiam o consumidor final. “Com certeza, toda a redução de custos que as construtoras e incorporadoras conseguirem, elas acabarão repassando para seus clientes. Isso reflete em toda a cadeia, pois com preços mais competitivos, as construtoras aumentam o volume de vendas”, analisa o dirigente. Para Sônia Chaves, da Hatus Construtora e Incorporadora, a rodada foi positiva. “Abrimos várias frentes de negócios”, disse.

Já Gustavo de Borba, do Grupo Estrutura – construtora voltada para empreendimentos de alto padrão em Joinville -, o que surpreendeu foi a quantidade de empresas que a rodada atraiu. “Conversamos com muitos fornecedores, especialmente de outras regiões do estado. Todos atenderam o que precisamos”, disse.

Gerador de oportunidades

Encerrada a InterCon, a rodada prosseguirá para que as parcerias efetivamente se concretizem. O modelo, se bem-sucedido, tende a ser implantado em outras regiões de Santa Catarina. Por enquanto, segundo Vanderlei Buffon, não há como estimar o volume de negócios fechados, mas o evento já pode ser considerado um sucesso por ter aproximado a cadeia produtiva. “O evento foi mais uma apresentação de produtos e um gerador de oportunidades de prospecção. No futuro, quando os negócios realmente forem concretizados, poderemos avaliar o resultado final”, afirmou.

Vanderlei Buffon, presidente do SindusCon Joinville: reflexo em toda a cadeira produtiva da construção civil

Vanderlei Buffon, presidente do SindusCon Joinville: reflexo em toda a cadeira produtiva da construção civil

Essa rodada de negociações atraiu fornecedores de outros estados. Fabricantes da área de acabamento, portas e janelas eram maioria na rodada. Leandro Rodrigo Andrade de Campos, assessor de negócios da Sasazaki, uma das empresas fornecedoras, afirma que a InterCon serviu para estabelecer o networking. “O importante não foi o fechamento do negócio, mas sim o contato. Surpreendeu muito porque deixei muitas reuniões agendadas em Joinville”, comemorou.

Rodadas de negociações na construção civil são sempre reativadas quando a atividade econômica encolhe e vem acompanhada de viés de inflação em alta. Em Curitiba, por exemplo, segundo dados da Ademi-PR (Associação dos Dirigentes de Empresas do Mercado Imobiliário do Paraná), em 2015 devem ser entregues 6.499 apartamentos residenciais na capital paranaense. O número é 19,4% a menos do que em 2014. Outro dado refere-se à quantidade de unidades novas em estoque, que recuou 9%, ficando abaixo de 11 mil imóveis. Já a quantidade de habitações residenciais licenciadas para construção em Curitiba passou de 13.044 unidades, em agosto de 2014, para 8.053 unidades, em agosto deste ano.

Entrevistado
Engenheiro civil Vanderlei Buffon, presidente do SindusCon Joinville-SC
Contato: imprensa@sinduscon-joinville.org.br

Créditos Fotos: Divulgação/Messe Brasil

Jornalista responsável: Altair Santos MTB 2330
VEJA TAMBÉM NO MASSA CINZENTA

MANTENHA-SE ATUALIZADO COM O MERCADO

Cadastre-se no e receba o informativo semanal sobre o mercado da construção civil