Construsul 2018 destaca tecnologia que qualifica a obra

Softwares e sistemas construtivos foram os que mais chamaram a atenção do público que esteve na feira, em Porto Alegre

Construsul 2018 destaca tecnologia que qualifica a obra

Construsul 2018 destaca tecnologia que qualifica a obra 999 667 Cimento Itambé
Edição de 2018 da Construsul voltou para Porto Alegre-RS e recebeu perto de 45 mil pessoas nos quatro dias de feira. Crédito: Construsul

Edição de 2018 da Construsul voltou para Porto Alegre-RS e recebeu perto de 45 mil pessoas nos quatro dias de feira. Crédito: Construsul

Tecnologia e inovação protagonizaram a 21ª edição da Construsul – Feira Internacional da Construção, realizada de 1º a 4 de agosto de 2018, em Porto Alegre-RS. Desde os produtos expostos até as palestras dadas no evento, temas como indústria 4.0, gestão da obra em tempo real e softwares que ajudam a dar qualidade aos sistemas construtivos foram os que mais chamaram a atenção do público que esteve no evento, e que, segundo os organizadores, se aproximou dos 45 mil visitantes.

Um simulador que indica se o projeto e a execução da obra estão adequados à Norma de Desempenho (ABNT NBR 15575) foi uma das inovações mostradas na Construsul. A ferramenta permite ao projetista, arquiteto ou engenheiro civil verificar quais são os critérios exigidos e se o que está em construção se adequa à norma técnica. Os criadores do simulador garantem que, além de facilitar o cumprimento da norma, o simulador ajuda a construir sem desperdício. “É possível diminuir o volume de resíduos, evitando a quebra de materiais”, comenta o coordenador de qualidade e desempenho da Construrohr, Felipe Lima.

O aplicativo First Planner, que permite a coleta de dados do canteiro de obras e o acesso às informações em tempo real, também foi mostrado na Construsul. “O sistema pode ser utilizado em qualquer método construtivo. Ele gerencia equipes e possibilita a gestão do serviço com dados quantitativos. Além da licença do software, fornecemos o hardware, que é a estação de coleta de dados. Cada funcionário possui um cartão, onde carrega as atividades cadastradas para ele, informando o início e o fim de cada dia de trabalho”, explica o idealizador do First Planner, Matheus Ries.

Feira finaliza com posição otimista para o setor da construção civil

O itt Performance, reconhecido instituto tecnológico em desempenho e construções da UNISINOS, em São Leopoldo-RS, também contribuiu com o viés inovador da feira ao trazer o seminário “Incêndios em Estruturas – Dimensionamento, inspeção, terapia e casos recentes”. Foram apresentadas pesquisas sobre o comportamento de elementos estruturais e seus materiais em altas temperaturas, assim como os parâmetros para dimensionamento de estruturas em situação de incêndio e a importância da compartimentação das edificações. Os palestrantes realizaram suas apresentações com base nas normas técnicas vigentes, técnicas de instrumentação, equipamentos tecnológicos dispostos no mercado e materiais inovadores.

A Construsul, que em 2018 voltou a Porto Alegre-RS, também destacou a força da construção civil brasileira para ajudar o país a retomar o crescimento. “Há um potencial imenso a ser explorado, não só no Brasil, mas na América Latina”, estima Paulo Richter, promotor da feira.

Entrevistado
Reportagem com base nas notícias veiculadas sobre a Construsul 2018
(via assessoria de imprensa)

Contato: comunicacao@suleventos.com.br

Jornalista responsável: Altair Santos MTB 2330
VEJA TAMBÉM NO MASSA CINZENTA

MANTENHA-SE ATUALIZADO COM O MERCADO

Cadastre-se no e receba o informativo semanal sobre o mercado da construção civil