Carlos Valério Avais da Rocha Esteio, do SINAENCO-PR: setor de equipamentos foi o que mais faturou na cadeia produtiva da construção civil