Cimento Itambé

Portal Itambé
Ligue-nos

Competição de canoas de concreto

Inovação, Novas Tecnologias, Sobre Cimento, Sobre Concreto 2 de dezembro de 2009

Ideia originada nos Estados Unidos promove aprendizado e integração a alunos da Universidade Positivo

Créditos: Engº. Carlos Gustavo Marcondes – Assessor Técnico Comercial Itambé

Em 1849, surgiu a primeira obra de concreto armado do mundo: uma canoa construída pelo francês Joseph-Louis Lambot.

Em 1960, a ASCE – Sociedade Americana dos Engenheiros Civis, junto com universidades canadenses e mexicanas, criou uma competição de canoas de concreto homenageando assim o “pai” do concreto armado.

Em consonância com a ideia americana, a Universidade Positivo, com o apoio da Cia. de Cimento Itambé e colaboradores, iniciou em 2003 uma competição de canoas de concreto com intuito de proporcionar conhecimentos aos alunos do curso de engenharia civil, desde a concepção do projeto, até a confecção e a aplicação do concreto.
A competição, que já está em sua 7º edição, incentiva a tecnologia, já que, para obter o traço final do concreto, os alunos realizam estudos experimentais de dosagem e consideram aspectos como: uso de aditivos químicos e adições, esforços sofridos pela canoa, plasticidade necessária para a moldagem e o peso máximo para flutuação.

A coordenação do projeto é da professora Patrícia Maggi, que busca, a cada edição do concurso, inovar por meio do incentivo à pesquisa de novas tecnologias de materiais e o uso de ferramentas de cálculo mais precisas. A novidade para este ano foi a adequação das canoas para atender o regulamento da competição americana, como o comprimento final da canoa (seis metros) e emprego de materiais alternativos.

Em 2009, as equipes contaram com os colaboradores da Construquímica, Tecnosil, 3-M do Brasil, Grace Brasil Ltda, Texiglass Indústria e Comércio Textil, Basf Construction Chemicals Brasil, MC Bauchemie Brasil, Blocaus Pré Fabricados Ltda e Metacaulim do Brasil Ltda.

A 7º edição da competição ocorreu no dia 20 de novembro, e como acontece todos os anos, uma divertida competição no lago da universidade com as canoas de concreto construídas pelos alunos encerra as atividades.

Confira a ordem de chegada das equipes:

1º – Bagre Ensaboado – Materiais utilizados: Concreto com isopor, pó de ostra, sílica ativa em suspensão, super plastificante, incorporador de ar, impermeabilizante, fibra de vidro, microfibra sintética e tela de fibra de vidro.

2º – Arca de Noé – Materiais utilizados: Concreto com argila expandida, micro esfera de vidro, metacaulim, super plastificante, incorporador de ar, aditivo de aderência, fibra de vidro e tela de fibra de vidro.

3º – Talento – Materiais utilizados: Concreto com raspas de borracha, sílica ativa, super plastificante, incorporador de ar, fibra de vidro, microfibra sintética e tela de fibra de vidro.

4º – Belvedere – Materiais utilizados – Concreto com vermiculita, micro esfera de vidro, sílica ativa, fibra de vidro, microfibra sintética e tela de fibra de vidro.

A Itambé, que apóia a competição disponibilizando além de materiais o know-how técnico de seus profissionais, parabeniza a todos os participantes e agradece aos colaboradores do projeto.

Confira as fotos abaixo.

Competição de canoas de concreto

Largada

Largada

Arca de Noé

Arca de Noé

Bagre Ensaboado

Bagre Ensaboado

 Belvedere

Belvedere

Talento

Talento

Vogg Branded Content – Jornalista responsável Altair Santos MTB 2330



Tags:
Leia também:

2 Comentários