Brasileiros aquecem mercado de imóveis nos EUA

Casa em Orlando, com três quartos: custo de US$ 170 mil (cerca de R$ 411 mil)

Brasileiros aquecem mercado de imóveis nos EUA

Brasileiros aquecem mercado de imóveis nos EUA 1024 682 Cimento Itambé

Seja para investir ou para morar, país oferece casas e apartamentos de alto padrão que podem custar até sete vezes menos do que no Brasil

Por: Altair Santos

Casas em condomínio fechado, apartamentos bem localizados, imóveis com muita segurança e cozinhas equipadas com eletrodomésticos. Alguns têm até 200 m² de área construída, e é possível comprá-los na faixa de R$ 350 mil a R$ 500 mil. E mais: o mercado está aquecido. O anúncio em questão não é aqui no Brasil, mas nos Estados Unidos. Porém, os compradores são brasileiros. O interesse é tão intenso que já existe até uma feira própria para estimular esse nicho imobiliário: a Investir USA Expo. “Após a crise de 2008 houve uma grande oferta. Os preços baixaram muito e o câmbio ainda está ao nosso favor. Consequentemente, os brasileiros encontram excelentes oportunidades de investimentos, e de compra de propriedades com total infraestrutura”, diz Daniel Rosenthal, que é corretor imobiliário e faz essa ponte entre Brasil e EUA.

Casa em Orlando, com três quartos: custo de US$ 170 mil (cerca de R$ 411 mil)

Os negócios envolvendo a venda de imóveis nos Estados Unidos para brasileiros, principalmente nas cidades de Miami, Orlando e a região de Fort Lauderdale – todas no estado da Flórida -, são estimulados também pelo valor excessivamente caro de casas e apartamentos similares no Brasil, principalmente em metrópoles como São Paulo e Rio de Janeiro. “Um comparativo recente entre um imóvel na zona sul do Rio de Janeiro e um em Miami mostrou que nos Estados Unidos o preço chega a ser sete vezes mais barato”, relata Rosenthal, lembrando que um investidor que tenha US$ 170 mil (cerca de R$ 420 mil) já pode pensar em adquirir uma casa nos Estados Unidos. “Em Orlando há imóveis novos nesta faixa. Mas há ofertas mais em conta, se o comprador quiser um de segunda mão em áreas menos turísticas e pelos sistemas de vendas de foreclosure e shortsale”, completa.

Como financiar?

Foreclosure é a compra de um imóvel que voltou para o agente financeiro depois que alguém parou de efetuar o pagamento. Normalmente, ele é vendido com desconto e funciona de forma semelhante aos leilões que ocorrem no Brasil. Já o shortsale é a compra de um imóvel em que o dono, sem condições de quitar o financiamento, aceita receber menos do que pagou para se livrar da dívida, que é assumida por outro. Mas também é possível financiar diretamente com o banco. Nos Estados Unidos, as instituições financeiras costumam pedir uma entrada de 30% e financiam o restante em até 30 anos. As taxas de juros estão por volta de 4,25% ao ano. Se o valor do empréstimo ultrapassa US$ 1 milhão (R$ 2,4 milhões) pode haver uma redução de 0,25%. “A taxa inicial é fixa nos primeiros três anos e depois reajustada anualmente”, explica Daniel Rosenthal.

Daniel Rosenthal, organizador da Investir USA Expo: após crise de 2008, brasileiros estão comprando de tudo nos Estados Unidos

Três modelos de imóveis atraem mais os brasileiros que compram nos Estados Unidos: as casas, também chamadas de single family; os condos ou condominiums, que são os apartamentos, e também os townhomes – similares aos sobrados. Praticamente todos oferecem infraestrutura com área de lazer, garagem, piscina e sala de ginástica. Além disso, as construções novas, por exigência legal, precisam ter selos de sustentabilidade e comprovar que foram construídas sem desperdício de material para que as prefeituras locais permitam que sejam colocados à venda. “São imóveis muito bem construídos e erguidos de forma muito mais rápida do que no Brasil. Tudo isso aliado a um país com economia muito mais sólida do que a nossa (Brasil) e em plena recuperação”, finaliza Rosenthal.

Entrevistado
Administrador de empresas Daniel Rosenthal, especializado em marketing promocional, corretor de imóveis há 22 anos, ex-gerente de marketing do Secovi-SP e sócio-proprietário da Taurus Marketing, organizadora da feira Investir USA Expo
Contatos
daniel@taurusmarketing.com.br
contato@taurusmarketing.com.br
Skype: taurusmkt
@taurusmkt (twitter)

Créditos Fotos: Divulgação

Jornalista responsável: Altair Santos MTB 2330
VEJA TAMBÉM NO MASSA CINZENTA

MANTENHA-SE ATUALIZADO COM O MERCADO

Cadastre-se no e receba o informativo semanal sobre o mercado da construção civil