Brasil terá centro de P&D para via Hyperloop

País passa a fazer parte do grupo de 40 nações que já trabalha em cima da tecnologia, e que promete revolucionar os meios de transporte

Brasil terá centro de P&D para via Hyperloop

Brasil terá centro de P&D para via Hyperloop 1024 619 Cimento Itambé
Estruturas do Hyperloop de Abu Dhabi são fabricadas em Toulouse, na França. Crédito: Hyperloop TT

Estruturas do Hyperloop de Abu Dhabi são fabricadas em Toulouse, na França. Crédito: Hyperloop TT

A Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI) e a Hyperloop Transportation Technologies (Hyperloop TT) firmaram parceria para instalar um centro de Pesquisa e Desenvolvimento (P&D) em Contagem-MG, a fim de construir a primeira via Hyperloop no país. O sistema opera sobre plataformas elevadas construídas com concreto pré-moldado, onde são assentados os tubos pelos quais trafegam as cápsulas que podem transportar tanto pessoas quanto cargas.

A tecnologia usa levitação magnética e ausência de atrito com o ar. Com o acordo, o Brasil será um dos 40 países que já trabalham em cima da nova tecnologia e, consequentemente, candidata-se a receber uma via do transporte futurista, que atinge velocidade equivalente à do som (1.234 km/h). O sistema Hyperloop foi idealizado em 2013 pelo empresário Elon Musk, dono da Tesla e do SpaceX.  Em 2014, o megaempreendedor liberou a patente da tecnologia para que outras empresas pudessem desenvolvê-las.

Segundo o presidente da ABDI, Guto Ferreira, o objetivo é aproximar a Hyperloop de instituições brasileiras de pesquisa para desenvolver tecnologias e alternativas ao atual sistema de transporte de carga, baseado em rodovias, e que acarreta custo elevado para o país. “Transporte e logística são gargalos importantes que o Brasil precisa resolver para impactar positivamente o conjunto da economia”, diz Ferreira.

Junto com o centro de P&D, será desenvolvida no Brasil a Hyperloop Academy, para buscar parcerias com universidades, outros centros de P&D e startups brasileiras. A escolha de Contagem-MG está relacionada ao apoio financeiro da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (FAPEMIG), da Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (FIEMG) e da prefeitura de Contagem. O acordo foi consolidado por meio de uma Parceria Público-Privada (PPP), com investimento de R$ 26 milhões.

Primeiro Hyperloop do mundo terá 10 quilômetros e será inaugurado em 2020. Crédito: Hyperloop TT

Primeiro Hyperloop do mundo terá 10 quilômetros e será inaugurado em 2020. Crédito: Hyperloop TT

Primeira via Hyperloop do mundo será inaugurada em 2020, em Abu Dhabi

Além disso, o município mineiro cederá uma área construída de 22 mil m2 para abrigar a divisão de pesquisas da companhia e um laboratório para a fabricação da primeira via Hyperloop brasileira. A previsão é de que o centro de P&D comece a operar no final de 2018. “Minas Gerais e o município de Contagem são um dos centros de distribuição de carga mais importantes para o Brasil. A posição geográfica estratégica nos estimulou a montar o primeiro centro de pesquisa da Hyperloop TT no país”, afirma o presidente da empresa, Bibop Gresta.

A primeira via Hyperloop do mundo está em construção em Abu Dhabi e deve ser concluída até 2020. Ela vai ligar a região próxima da fronteira com Dubai ao aeroporto Internacional Al Maktoum. O trecho terá 10 quilômetros e o protótipo está em construção na cidade de Toulouse, na França, para ser levado aos Emirados Árabes. O sistema será alimentado por painéis solares instalados ao longo das linhas e estações.

Uma das missões dos engenheiros envolvidos no projeto é pesquisar um concreto de alta resistência que suporte o sistema de transporte. O projeto prevê que as cápsulas corram dentro de túneis de aço sustentados por elementos pré-moldados, numa arquitetura que lembra os monotrilhos e os metrôs de superfície.

Cápsulas trafegam dentro de tubos, por levitação magnética e ausência de atrito com o ar. Crédito: Hyperloop TT

Cápsulas trafegam dentro de tubos, por levitação magnética e ausência de atrito com o ar. Crédito: Hyperloop TT

Entrevistado
Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI)
(via assessoria de imprensa)

Contato
abdi@abdi.com.br 

Jornalista responsável: Altair Santos MTB 2330
VEJA TAMBÉM NO MASSA CINZENTA

MANTENHA-SE ATUALIZADO COM O MERCADO

Cadastre-se no e receba o informativo semanal sobre o mercado da construção civil