Dez passos para a boa gestão do projeto de obra

Para o gerenciamento de um projeto é fundamental ter equipe, método, tecnologia e capacitação

Dez passos para a boa gestão do projeto de obra

Dez passos para a boa gestão do projeto de obra 924 613 Cimento Itambé

Gerenciamento não pode ser apenas eficiente, mas eficaz. Além disso, precisa gastar mais tempo com planejamento do que com execução

Por: Altair Santos

A hidrelétrica de Belo Monte é atualmente, no Brasil, o melhor exemplo de obra com graves problemas de gestão de projeto. O cronograma está com três anos de defasagem e nenhum dos stakeholders envolvidos ainda consegue ver sua eficácia. De um lado, o setor elétrico não se beneficia do empreendimento; de outro, o consórcio construtor se vê diante do impasse de não conseguir concluir o projeto e, em outro vértice, as questões ambientais que envolvem a megaconstrução também geram tensões.

Carlos Magno da Silva Xavier: no Brasil é preciso romper com a cultura latina de planejar pouco e passar muito tempo executando

Carlos Magno da Silva Xavier: no Brasil é preciso romper com a cultura latina de planejar pouco e passar muito tempo executando

Para o especialista em gerenciamento de projetos, Carlos Magno da Silva Xavier, a partir deste exemplo pode-se tirar lições de como deve ser feita a gestão de um projeto. “Em resumo, um projeto precisa atender expectativas. Para isso, ele necessita não apenas ser eficiente, no sentido de ser executado corretamente, mas ser eficaz, ou seja, alcançar seu objetivo”, disse, em recente webseminário da e-Construmarket-Construmanager, intitulado “Práticas mais importantes para obter sucesso no gerenciamento de projetos”.

Usando dados da PM Survey, que é uma pesquisa global sobre gerenciamento de projetos, Carlos Magno da Silva Xavier mostra que, no Brasil, 69% deles têm problemas de prazo, 50% de custo, 31% de qualidade e 27% de satisfação. “Não resta dúvida de que no país é importante melhorar a gestão dos projetos. É fundamental romper com essa cultura latina de planejar pouco e passar muito tempo executando. Na engenharia brasileira existe uma estatística preocupante, onde apenas 20% do tempo do projeto é gasto com planejamento. Nos Estados Unidos, chega a 40% e na Ásia a 50%”, afirma.

Esses dados geram a seguinte estatística: no país, as empresas mais eficientes que atuam com projetos de obras conseguem cumprir no máximo 60% do que especifica o documento. Boa parte deste desempenho se deve ao perfil do gerente de projetos, que nem sempre atende os três vértices do seguinte triângulo: liderança, conhecimento em gestão de projetos e gerenciamento estratégico de negócios. Por isso, Carlos Magno da Silva Xavier define que para se gerenciar um projeto é fundamental ter equipe, método, tecnologia e capacitação.

Para o gerenciamento de um projeto é fundamental ter equipe, método, tecnologia e capacitação

Para o gerenciamento de um projeto é fundamental ter equipe, método, tecnologia e capacitação

Diante deste cenário, ele estabeleceu o que se pode chamar de os dez mandamentos para o sucesso no gerenciamento de um projeto, que são os seguintes:

1. Alinhar objetivos do projeto aos objetivos do contratante
2. Mudar a forma de atuar no projeto
3. Estabelecer a governança do projeto
4. Analisar a viabilidade do projeto e estar sempre aberto a revisões
5. Gerenciar os riscos do projeto
6. Comunicar tudo sobre o projeto a todos os envolvidos
7. Monitorar desempenho do projeto
8. Não confundir agilidade com desorganização
9. Gerenciar o conhecimento adquirido ao longo do projeto
10. Adaptar a gestão a cada projeto

Por fim, Carlos Magno da Silva Xavier alerta que nunca se deve pensar que há um modelo universal de projeto que sirva para vários tipos de obras. Além disso, deixa claro que quem sabe gerenciar riscos tem mais chances de ver o projeto bem-sucedido. O especialista ainda destaca que projetos que tenham plano formal de comunicação aumentam desempenho de 38% para 68%.

Acesse aqui para assistir ao webseminário.

Entrevistado
Carlos Magno da Silva Xavier, doutor em administração de empresas pela Universidad Nacional de Rosario (Argentina) e sócio-diretor da Beware Consultoria e Treinamento em Gerenciamento de projetos, programas e portfólio
Contatos
magno@beware.com.br
www.beware.com.br

Créditos fotos: Divulgação

Jornalista responsável: Altair Santos MTB 2330
VEJA TAMBÉM NO MASSA CINZENTA

MANTENHA-SE ATUALIZADO COM O MERCADO

Cadastre-se no e receba o informativo semanal sobre o mercado da construção civil